Nova Mutum, 14 de Agosto de 2018
DÓLAR: R$
Logomarca

Sexta-Feira, 11 de Maio de 2018, 17h:52 | A | A

POLITICA

Prefeitura encaminha para câmara de vereadores projeto de reajuste do RGA dos servidores

Por: Edinaldo Nogueira/Assessoria

Divulgação

Divulgação

A Prefeitura de Nova Mutum encaminhou para a câmara de vereadores nesta quinta-feira, 10, o projeto de lei que trata do Reajuste Geral Anual (RGA), o projeto foi enviando em regime de urgência. Devido a queda na arrecadação e no atual momento econômico o índice máximo possível reajuste do RGA é de 2,5%. Para que os servidores recebam o reajuste em maio é necessário que o projeto seja aprovado na próxima sessão marcada para o dia 14.

Para chegar a esse entendimento a equipe econômica da prefeitura fez um levantamento das receitas e despesas com pessoal, e chegou na conclusão de que para não ultrapassar o limite legal, conforme determina a lei de responsabilidade fiscal, que estipula o limite de gastos com folha de pagamento dos municípios em 54% de toda receita corrente líquida.

Durante toda semana foram realizadas reuniões com o objetivo de apresentar aos servidores a situação econômica e a perspectiva de arrecadação.

Na quarta-feira, 09, o Prefeito Adriano Pivetta se reuniu com os vereadores para apresentar a real situação das finanças do município, “Assim como fizemos ano passado, reunimos com os vereadores para apresentar a eles a situação das finanças, esse ano, tem sido bem atípico, queríamos obviamente propor um reajuste maior, mas temos que agir com prudência diante da situação financeira que estamos passando”, destaca.

Também na quarta, a equipe econômica se reuniu com os representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais para fazerem a mesma apresentação. “Como já dito pelo prefeito Adriano Pivetta, queríamos algo maior, e foi exatamente essa a mensagem que repassamos aos representantes do sindicato para que eles vejam a clareza que estamos tendo neste tema, ficamos satisfeitos com a reunião, pois todos os participantes entenderam a situação do momento que estamos passando”, relata Geder Genz, secretário de administração.

Geder explica ainda que esse aumento esta sendo baseado na Receita Orçada do município que de aproximadamente 158 milhões e que com este aumento o percentual permitido estará bem próximo do limite fiscal permitido aos municípios, ficando na casa do 53,28%. “Vamos um grande impacto na folha de pagamento que nos deixa em situação alerta devido o limite de gastos com pessoal que é de 54%, esperamos que esse cenário mude para que possamos seguir com nossa política de valorização de ganhos para nossos servidores”, acrescenta.

COMENTÁRIOS





ENQUETE POWER MIX

O QUE VOCÊ ACHOU DO NOVO SITE?

Obrigado por participar


PROMOÇÕES