NOVA MUTUM, 03 de Julho de 2022
icon weather 18 º 34 º
DÓLAR: R$ 5,33
Logomarca

SORRISO Sábado, 21 de Maio de 2022, 19:43 - A | A

GOLPE

Sorriso: PJC recupera mais de R$ 425 mil subtraídos de uma única vítima

O suspeito entrou em contato com a vítima se passando por funcionário do banco

Portal Sorriso
Sorriso-MT

Foto: Lucas Torres

image

Mais de R$ 427 mil subtraídos de uma vítima de golpe foram recuperados pela Polícia Judiciária Civil (PJC) em uma ação conjunta da Delegacia de Sorriso e Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI).

As investigações iniciaram após a vítima procurar a Delegacia de Sorriso, comunicando que foi vítima de um golpe, em que o suspeito entrou em contato via ligação telefônica, se passando por um funcionário do Banco do Brasil.

Durante a conversa, o suspeito disse que estava fazendo a renovação do acesso ao banco e solicitou a confirmação de uma chave de acesso à conta. Antes de desligar, o suspeito disse que a renovação estava sendo processada, sendo em seguida percebido pela vítima duas transferências de alto valor.

Segundo o delegado Márcio Portela, a vítima disse que os dois saques da conta da vítima totalizaram R$ 910.450,74. "Trata-se de uma Cooperativa que sofreu esse golpe. A vítima ainda precisa solicitar a repatriação dos valores. Este tipo de crime vem crescendo bastante, em que o estelionatário se passa por atendente de banco para conseguir dados e efetuar saques das conta bancárias". 

Diante das informações passadas pela vítima, a equipe de investigadores da Delegacia de Sorriso entrou em contato com a Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos, que com apoio dos setores antifraudes do Banco do Brasil e do Nubank conseguiu a recuperação de R$ 427.516,11, subtraídos da vítima por meio da fraude eletrônica.

Após procedimentos junto à agência bancária, os valores serão restituídos para a conta vítima. As investigações seguem em andamento para identificar os envolvidos no crime.



Comente esta notícia