NOVA MUTUM, 09 de Agosto de 2022
icon weather 10 º 18 º
DÓLAR: R$ 5,11
Logomarca

GERAL Terça-feira, 30 de Abril de 2013, 12:37 - A | A

Microsoft aposenta MSN Messenger hoje, saiba como migrar

 

A partir desta terça-feira (30), o comunicador instantâneo Windows Live Messenger, ou MSN Messenger, deixará de funcionar. Com isso, quem ainda não aderiu, tem apenas um dia para começar a migração obrigatória para o Skype, ferramenta de mensagens e chamadas telefônicas via internet, da Microsoft.

Lançado em 1999, o MSN Messenger se tornou o comunicador instantâneo mais popular do mundo. O Brasil era um dos principais mercados do programa da Microsoft, com 30 milhões de contas ativas no país até janeiro, conforme a empresa.

 

Migração

 -  Primeiramente baixe o Skype em sua máquina e instale.

-   Após instalação será exibida a tela de login do Skype. Há três opções possíveis:

– Acessar com as credenciais do próprio Skype, caso o leitor já possua uma conta ativa;

– Conectar usando as credenciais de uma conta válida do Hotmail ou do Windows Live;
– Conectar com uma conta do Facebook.

 

Para que o processo de migração do MSN funcione com sucesso, conecte usando as credenciais de uma conta do Hotmail. Informe os dados necessários para a autenticação no serviço e clique em “Entrar”.

Nesta etapa do processo, o leitor poderá optar em usar uma conta válida do Skype ou criar uma nova para que ela seja vinculada à conta do MSN. Clique no botão que corresponder a alternativa de sua preferência.

O processo de migração dos contatos ocorrerá nesta etapa. Para isso, basta clicar na opção “Unir contas”.

O processo pode demorar alguns instantes, pois depende da quantidade de contatos. Ao término, é só executar o Skype e autenticar-se no serviço usando as credencias da conta da Microsoft.

Alguns usuários relataram problemas no procedimento de migração. Entre as soluções encontradas para contornar o inconveniente foi necessário reinstalar o Skype e reiniciar o PC.

 



Comente esta notícia

#data.gblcdn
#identificação por empresa