NOVA MUTUM, 23 de Julho de 2024
icon weather 20 º 33 º
DÓLAR: R$ 5,59
Logomarca

POLÍCIA Quinta-feira, 13 de Junho de 2024, 16:46 - A | A

13 de Junho de 2024, 16h:46 - A | A

POLÍCIA / ACHADO EM PORTA-MALAS

Motorista de App foi torturado por criminosos durante dois dias e teve execução gravada em MT

Amanda Divina/Olhar Direto



Informações da Polícia Civil dão conta que o motorista de aplicativo Jonas de Almeida da Silva, à época com 26 anos, foi torturado durante dois dias e teve a execução gravada. A vítima foi encontrada carbonizada em um porta-malas em Várzea Grande no ano de 2019.

No mês de março, o carro de Jonas foi encontrado queimado na região do bairro Cohab São Benedito, em Várzea Grande, dois dias após o desaparecimento. O corpo do motorista de aplicativo foi encontrado dentro do porta-malas.

O delegado da Polícia Civil, Maurício Maciel, relatou que Jonas foi torturado por dois dias antes de ser morto. Ele também teve a execução gravada.

"É uma situação extremamente covarde. A vítima passou dois dias sendo torturado então, não diferente dos outros casos, mas sempre há uma crueldade diferente.", disse o delegado.

A responsável por participar do crime e gravar a execução foi presa pela Polícia Civil durante a manhã desta quinta-feira (13).

"Ela presenciou a tortura, filmou e inclusive esses vídeos foram obtidos através do celular dela que foi apreendido em razão de uma outra situação", pontuou.



Comente esta notícia