NOVA MUTUM, 16 de Junho de 2024
icon weather 20 º 36 º
DÓLAR: R$ 5,38
Logomarca

POLÍCIA Domingo, 19 de Dezembro de 2021, 15:38 - A | A

19 de Dezembro de 2021, 15h:38 - A | A

POLÍCIA / POLÍTICA

Patrulha Rural liberta caseiro sequestrado e prende quadrilha com metralhadora no interior

Quatro pessoas foram presas e uma metralhadora e mais armas de fogo e munições foram apreendidas na madrugada de domingo (19.12)

Greyce Lima | Secom-MT



Policiais militares da Patrulha Rural libertaram, nesta domingo (19.12), o funcionário de uma fazenda que havia sido sequestrado em uma propriedade rural, no município de Itiquira (a 363 km de Cuiabá). Quatro pessoas foram presas e uma metralhadora e outras armas de fogo e munições foram apreendidas na ação da PM.  

Durante a madrugada, a Polícia Militar foi acionada por uma mulher que relatou que um homem, que é caseiro de uma fazenda na zona rural, havia sido sequestrado por dois homens que conduziam um carro Astra. A testemunha relatou que os suspeitos estavam se deslocando em direção à cidade, pelo Trevo Mineirinho, sentido Rondonópolis.  

De imediato, a equipe da Patrulha Rural iniciou as buscas e localizou o carro dos suspeitos. Na abordagem, os policiais prenderam dois suspeitos e libertaram a vítima. O homem que havia sido sequestrado relatou que o crime aconteceu após um desacordo pela posse da fazenda. E que na referida data, chegaram na fazenda um casal e mais um homem para ameaçá-lo, e que mais tarde chegaram mais dois homens no veículo que praticaram o sequestro para retirá-lo da propriedade.  

A PM foi até a fazenda e encontrou um casal, que contou que foi contratado por uma mulher, que é filha do proprietário da fazenda já falecido, que pagou R$ 6 mil para que fosse feita a retirada do caseiro da propriedade. Os policiais perguntaram ao casal sobre a existência de armas de fogo.

Durante varredura, a PM localizou uma arma de fogo artesanal “garrucha” calibre 32 e uma metralhadora calibre 9mm com 23 munições, cápsulas deflagradas e um jacaré abatido.  A ação resultou na prisão de quatro pessoas (homens) que foram conduzidas à Delegacia. A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.



Comente esta notícia