NOVA MUTUM, 20 de Julho de 2024
icon weather 19 º 31 º
DÓLAR: R$ 5,60
Logomarca

GERAL Segunda-feira, 13 de Julho de 2015, 22:58 - A | A

13 de Julho de 2015, 22h:58 - A | A

GERAL /

Plano diretor participativo recebe primeira aprovação na câmara de vereadores



O Plano Diretor Participativo, que foi construído ao longo de 18 meses de trabalho com a participação direta da comunidade mutuense teve a primeira grande vitória com a aprovação do projeto de lei complementar em primeira votação feita hoje (13) durante sessão ordinária.

O projeto foi entregue à Câmara de Vereadores no último dia 24 de junho pelo prefeito Adriano Pivetta e o Vice Leandro Felix. Desde então os parlamentares analisaram as propostas e conforme regimento interno, promoveram na última quarta-feira (01) uma audiência pública para debater o assunto como toda população.

O prefeito Adriano Pivetta fez o uso da palavra durante a sessão desta segunda e destacou que a aprovação do projeto significa um novo momento para Nova Mutum. “Esse plano eu comecei ainda na primeira gestão em 2001, pois precisávamos organizar o crescimento da cidade, naquela época criavam-se loteamentos sem nenhuma infraestrutura e quem tinha que  fazer tudo depois era o poder público. Agora vamos avançar ainda mais e garantir que nossa cidade cresça, de maneira ordenada e planejada”, disse.

Até a definição das propostas elencadas o município montou uma grande estrutura que resultou na promoção de dezenas de encontros e várias audiências publicas. Todo o trabalho foi coordenado pelos Arquitetos e Urbanistas Djoni Demozzi e Enio Luiz Perin. O plano apresenta um desenho da atual fase que o município atravessa e traça uma série de estratégias que envolvem áreas como saúde, economia, educação, modelo viário, obras, crescimento urbano entre outros aspectos. Traçando o crescimento de Nova Mutum pelos próximos 30 anos de maneira planejada.

Uma importante ação descrita no Plano Diretor é a incorporação de 280 hectares de terras as áreas do município, que foram conquistas gratuitamente através de um forte trabalho de articulação do prefeito Adriano Pivetta com produtores e pioneiros do município. Essas áreas serão usadas para criação de um parque industrial, parque tecnológico, expansão urbana e construção de novos conjuntos habitacionais.

A segunda votação do projeto acontece já nesta terça-feira (14) em sessão extraordinária que acontecerá ás 18h, em seguida ele será enviado para sansão do prefeito Adriano Pivetta.

Fonte:Assessoria



Comente esta notícia