NOVA MUTUM, 17 de Junho de 2024
icon weather 22 º 32 º
DÓLAR: R$ 5,43
Logomarca

GERAL Terça-feira, 06 de Junho de 2017, 23:04 - A | A

06 de Junho de 2017, 23h:04 - A | A

GERAL /

Rota do Oeste inicia obras durante o dia na BR-364/163 entre Rosário Oeste E Cuiabá



As frentes de trabalho são realizadas nos 108 km, entre Rosário Oeste e Cuiabá.

As atividades de recuperação da BR-364/163, entre Rosário Oeste e Cuiabá , serão realizadas pela Rota do Oeste durante o dia e durante a noite a partir desta quinta-feira (08.06), com intervenções no tráfego que será operado em ‘Pare e Siga’. Juntas, as duas frentes de trabalho vão somar 17 horas e 30 minutos de obras na rodovia, diariamente, com interferência no fluxo de veículos. Os motoristas devem respeitar a sinalização e as orientações repassadas nos pontos com obras.

No período diurno, os trabalhos serão realizados das 6h às 14h. As equipes noturnas trabalharão das 19h às 4h30. Os períodos de atuação são necessários para garantir a qualidade do serviço, uma vez que o Tratamento Superficial Simples (TSS) deve ser realizado durante o dia para permitir as correções. Além disso, a Concessionária consegue aproveitar melhor o tempo seco e adiantar a recuperação da rodovia, serviço que fica prejudicado no período chuvoso.

Este é um trecho importante para Mato Grosso e motoristas que dependem do trajeto. Diante desta realidade, a Rota do Oeste concentra esforços para melhorar o segmento. “Sempre existiram reclamações sobre a região e estamos empenhados para resolver a situação da forma mais célere possível”, comenta o gerente de Operações e Arrecadação da Concessionária, Wilson Ferreira.

Com a operação em ‘Pare e Siga’ por longo período, o tráfego será mais lento que o habitual. Os motoristas devem ficar atentos aos comunicados feitos ao longo da rodovia, por meio de seis Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs) móveis e dois fixos, além das informações repassadas nas praças de pedágio.

Ferreira reforça que todos devem ficar atentos à sinalização realizada próximo ao local da obra, sempre redobrar a atenção e diminuir a velocidade nos trechos. “As placas que indicam a aproximação do usuário ao trecho com ‘Pare e Siga’ e é fundamental começar a reduzir a velocidade para evitar acidentes. É importante respeitar o ‘homem-bandeira’, manter distância dos veículos a frente e ligar o pisca-alerta”, orienta.

Outra recomendação do gerente de Operações é quanto ao momento de liberação de tráfego no ‘Pare e Siga’. Ferreira destaca que os motoristas devem seguir pela faixa indicada, não tentar trafegar fora da indicação ou tentar fazer ultrapassagens. “Temos maquinários pesados na pista e uma colisão pode causar um dano muito grande a quem trafega. É preciso entender que toda sinalização e orientação tem o objetivo de promover a segurança de quem trafega e de quem trabalha”, reforça.

Obras – A recuperação, conservação, manutenção, limpeza e conserva serão intensificados por um período de quatro meses, aproveitando a ausência de chuvas e a entressafra. Durante o dia, será realizada a sinalização do trecho já recuperado, microfresagem e a aplicação do TSS. À noite, o serviço será voltado para a aplicação do CBUQ. Vale lembrar ainda que haverá equipe específica para a manutenção de todo o trecho em obras. Paralelo às atividades no pavimento, equipes atuarão nas outras atividades importantes para a segurança.

Fonte:Assessoria



Comente esta notícia