NOVA MUTUM, 13 de Junho de 2024
icon weather 19 º 36 º
DÓLAR: R$ 5,37
Logomarca

GERAL Sexta-feira, 30 de Junho de 2017, 18:43 - A | A

30 de Junho de 2017, 18h:43 - A | A

GERAL /

Sicredi Ouro Verde destina R$460 mil para apoiar 72 projetos sociais



Assinatura dos convênios com entidades beneficiadas com recursos do Fundo Social aconteceu nesta sexta-feira, 30.

A Sicredi Ouro Verde MT – instituição financeira cooperativa que atua em 15 municípios de Mato Grosso – acaba de destinar R$460 mil para o fomento de projetos de cunho social. A assinatura dos convênios com as entidades contempladas pelo Fundo Social aconteceu nesta sexta-feira, 30, nas agências do Sicredi.

Este ano, 72 projetos vão receber recursos, quase o dobro do ano passado, quando foram contemplados 39 projetos. O volume de recursos distribuídos também superou bastante o de 2016, quando foram destinados cerca de R$240 mil. Conforme destaca o presidente da Sicredi Ouro Verde MT, Eledir Pedro Techio, a alocação de recursos para o Fundo Social é uma deliberação feita pelos associados em assembleia. “O Fundo Social é um recurso que os associados da cooperativa abriram mão e estão contribuindo para o apoio às entidades. Cada associado cedeu um pouquinho daquilo que era da sua sobra para que a gente destinasse a estes projetos”, observa.

O Fundo Social tem por objetivo fortalecer ações desenvolvidas por entidades que atuem em benefício da comunidade, reforçando um dos diferenciais do Sicredi, que é o compromisso com a região em que está presente. Os recursos são utilizados para o apoio a projetos educacionais - como a inclusão de portadores de necessidades especiais, inclusão digital de crianças, jovens e adultos carentes -, projetos sociais e culturais - folclore, música, teatro, desde que destinados à inclusão de crianças, jovens e adultos carentes da comunidade -, projetos esportivos - desde que destinados à inclusão social de crianças e jovens -, e projetos de saúde - que atendam à comunidade com iniciativas de saúde básica e preventiva.  “Nós entendemos que estas entidades fazem um papel fundamental no desenvolvimento da sociedade. São pessoas ajudando pessoas, e isso faz a diferença”, destaca Eledir.

 

Fonte:Assessoria



Comente esta notícia