NOVA MUTUM, 27 de Maio de 2024
icon weather 19 º 32 º
DÓLAR: R$ 5,17
Logomarca

POLÍCIA Terça-feira, 31 de Julho de 2018, 00:52 - A | A

31 de Julho de 2018, 00h:52 - A | A

POLÍCIA / POLÍCIA

Nova Mutum: Dono de estabelecimento comercial é preso suspeito de comercializar entorpecentes no local

Redação/Djeferson Kronbauer
Nova Mutum
[email protected]



A Polícia Militar prendeu na noite da última segunda-feira (30), um homem suspeito de comercializar entorpecentes em um estabelecimento comercial situado na Rua das Açucenas, bairro Lírio do Campo II, divisa com o bairro Prohab I, em Nova Mutum.

Segundo informações passadas ao site Power Mix, a PM recebeu uma ligação anônima via 190, aonde o foi informada que em um estabelecimento comercial situado na Rua das Açucenas, bairro Lírio do Campo II, estaria sendo comercializados entorpecentes.

De imediato a guarnição de serviço se deslocou até o local, e se deparou com o suspeito/proprietário da empresa que se encontrava sozinho no local, ao ser questionado se havia mais alguém no local, o mesmo disse que não, e informou que havia dois indivíduos sentados em frente ao estabelecimento, mas que tinham saído há alguns minutos atrás.

A guarnição após comunicar o suspeito sobre a denúncia iniciou buscas pelo local, ao verificar uma prateleira, foi localizado em baixo dos produtos, uma quantia de substância análoga à pasta base de cocaína, já em uma gaveta do caixa, foi encontrado uma munição de arma de fogo cal. 38 intacta, diante dos fatos foi solicitado reforço e logo chegaram mais policiais para dar apoio.

Ao realizar uma busca minuciosa no local, foi encontrado no depósito da empresa, mais porções de pasta base de cocaína, o suspeito que acompanhava tudo de perto, em um determinado momento se exaltou e começou a usar palavras de baixo calão contra os policiais como, “Filhos da P**, moleque, covardes”.

Enquanto uma guarnição realizava buscas no local, a outra se deslocou até a residência do suspeito onde terceiros informaram, que a filha do mesmo havia saído com uma caixa do interior da residência, aonde foi constatado depois que se tratava apenas de mais cigarros, em buscas pela casa foi encontrado mais uma munição intacta de arma de fogo, desta vez de cal. 22.

Diante dos fatos o suspeito E.N.A, 40 anos, foi detido e conduzido até a Delegacia Judiciária Civil, para as devidas providências, o mesmo deve responder por tráfico de drogas.



Comente esta notícia