Nova Mutum, 19 de Setembro de 2019
DÓLAR: R$
Logomarca

Quinta-Feira, 25 de Julho de 2019, 00h:08 | A | A

AGRONEGÓCIO

Embaixador do Reino Unido diz que MT é uma das principais alternativas para importar alimentos

Por: Só Notícias

O embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan, visitou, hoje, a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), elogiou a produção de alimentos no Estado que está no “radar” do Reino Unido, sendo prioridade dentre as alternativas para importação de alimentos porque está na rota do desenvolvimento sustentável. “Nós reconhecemos a qualidade da produção agrícola e a sanidade da carne brasileira”.  “A nação brasileira deve se orgulhar dos seus produtores rurais. A produção agropecuária do Brasil é surpreendente. E Mato Grosso se destaca nesse cenário como o maior produtor brasileiro de grãos e de proteína animal”, disse Vijay.

A gerente internacional de Finanças para Mudanças Climáticas, Florestas e Uso da Terra da Embaixada do Reino Unido no Brasil, Katerina Elias Trostmann, afirmou que o país tem projetos voltados para pequenos, médios e grandes produtores e relacionados a áreas de sustentabilidade, de preservação ambiental e recuperação de solos degradados. Para a gerente internacional, Mato Grosso pode ser um grande incentivador desses projetos junto ao produtor rural.

O vice-presidente da Famato, Francisco Pugliesi de Castro, destacou o papel do produtor rural na preservação do meio ambiente. Baseado nos dados da Embrapa Territorial, de que 30% do território nacional é preservado e está entre os países que mais preserva no mundo, Francisco defendeu o setor das falsas notícias de que o produtor rural desmata ilegalmente e destrói o meio ambiente.

“O Brasil preserva três vezes mais que outros países. Nos últimos 20 anos muitas unidades de conservação foram criadas no Brasil, incluindo Área de Preservação Ambiental (APA), o que não se encontra em outras localidades. O que nós precisamos é que o Brasil seja visto com outros olhos, que sejam desmistificados os boatos de que o produtor rural é responsável pelo desmate ilegal e destruição do meio ambiente”, enfatizou Francisco Castro.

O superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Daniel Latorraca, fez uma apresentação dos números da produção agropecuária de Mato Grosso e do projeto AgriHub, uma iniciativa do Sistema Famato, que há quatro anos, promove a inovação tecnológica no campo estimulando soluções voltadas para os principais problemas dos produtores rurais. Na oportunidade, Latorraca falou do lançamento do AgriHub Space – um hub físico de conexão entre startups, empresas que trabalham com agronegócio e o ecossistema Agtech construído no Brasil e em Mato Grosso, que será instalado na Famato. A informação é da assessoria.

COMENTÁRIOS





ENQUETE POWER MIX

Você faz alguma atividade física regular (mais de 2 vezes por semana)?

Obrigado pela participação