NOVA MUTUM, 28 de Maio de 2024
icon weather 10 º 25 º
DÓLAR: R$ 5,15
Logomarca

GERAL Terça-feira, 30 de Outubro de 2018, 21:15 - A | A

30 de Outubro de 2018, 21h:15 - A | A

GERAL / Aripuanã

Milhares "invadem" garimpo em cidade de MT em busca de ouro

Mídia News



Milhares de garimpeiros estão indo em busca de ouro em uma propriedade rural distante 11km do centro de Aripuanã (a 949km de Cuiabá).

A promessa é de que na propriedade haja ouro aos moldes do garimpo de Serra Pelada, famoso na década de 80.

Vídeos e imagens divulgadas por garimpeiros nas redes sociais mostram trabalhadores e maquinário atuando no que seria a área. Não há confirmação de que as imagens tenham sido feitas no local.

A Polícia Militar confirmou a chegada de trabalhadores à cidade nos últimos dias.

A PM afirma que foi reforçado o policiamento preventivo na região. No entanto, não tem como intervir na ação por se tratar de uma área particular.

O superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Serafim Melo, disse que não recebeu nenhuma informação sobre extração irregular de minério no local.

Outro caso
No fim de 2015, o garimpo ilegal da Serra do Caldeirão, em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste de Cuiabá), atraiu centenas de pessoas.

Dados da Justiça Federal à época dão conta de que cerca de 5 mil pessoas de vários estados estavam na região em busca de ouro.

O garimpo foi desocupado por ordem da Justiça Federal, que citou a ausência de autorização por parte do DNPM.



Álbum de fotos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Comente esta notícia