Nova Mutum, 19 de Setembro de 2019
DÓLAR: R$
Logomarca

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 13h:34 | A | A

POLÍCIA

Aumenta 29% número de homicídios na regional de Nova Mutum-MT

Por: Só Notícias

Foto: Power Mix

Foto: Power Mix

A secretaria de Estado de Segurança Pública confirmou, que houve aumento de 29% no número de crimes de homicídios de janeiro a junho na regional de que compreende as cidades de Nova Mutum, Diamantino, Alto Paraguai, Nortelândia, Nova Marilândia, Arenápolis, São José do Rio Claro, Santo Afonso, Lucas do Rio Verde, além das cidades de Nova Maringá e Santa Rita do Trivelato. Foram 45 mortes no primeiro semestre de 2018 e 58 este ano

Por outro lado, houve redução considerável de 23% nos registros de roubos (de 436 para 337 casos). Já os furtos tiveram queda de apenas 1%. Nos seis meses de 2018 foram 1.251 e, no primeiro semestre deste ano, 1.236 registros.

Só Notícias também constatou que em Nova Mutum – uma das maiores cidades da regional – houve redução de 54% nos assassinados (de 13 para 6), 41% nos roubos (91 para 54) e 4% nos furtos (259 passou para 269).

Já em Lucas do Rio Verde, os homicídios aumentaram 133%. Nos seis meses de 2018 foram 9 e, no primeiro semestre deste ano 21. Por outro lado, caíram 39% os roubos (de 222 passou para 136) e 18% os furtos (621 para 510).

De janeiro a junho teve redução de 59% na regional de Alta Floresta, que atende as cidades Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde, Apiacás, Paranaíta, Nova Canaã do Norte, Colíder, Carlinda. De 22 caiu para 8 mortes este ano.

Em Sinop, Sorriso, Cláudia, Feliz Natal, Santa Carmem, União do Sul, Vera, Ipiranga do Norte e Nova Ubiratã que  fazem da das Regiões Integradas De Segurança Pública, o número de homicídios aumentou 17%. De 47 assassinatos passou para 55.

Na regional de Itaúba, Santa Helena, Terra Nova do Norte, Marcelândia, Nova Guarita, Matupá, Peixoto de Azevedo, Guarantã do Norte e Novo Mundo, também houve aumento de 52%. De 17 o aumentou para 26 mortes em 2019.

COMENTÁRIOS





ENQUETE POWER MIX

Você faz alguma atividade física regular (mais de 2 vezes por semana)?

Obrigado pela participação