NOVA MUTUM, 23 de Setembro de 2021
icon weather 22 º 33 º
DÓLAR: R$ 5,30
Logomarca

POLÍCIA Segunda-feira, 26 de Julho de 2021, 14:15 - A | A

POLÍCIA

Jovem acusa funcionário de hospital de abuso sexual em Nova Mutum-MT

Redação/Djeferson Kronbauer
Nova Mutum-MT

Foto: Djeferson Kronbauer/Power Mix

image

Uma jovem de 24 anos acusa um técnico de enfermagem do Hospital Santa Rosa de ter lhe abusado sexualmente durante um atendimento, o fato ocorreu na noite deste domingo (25), por volta das 18h30, na Av. das Araras, centro de Nova Mutum/MT.

A Polícia Militar foi informada de que estaria ocorrendo uma agressão física próximo ao hospital entre duas pessoas, e que uma delas estaria em posse de uma arma de fogo.

Ao chegar no local a guarnição se deparou com três homens discutindo, porém nenhum estava armado. No local a jovem de 24 anos relatou aos militares que estava em sua residência e após ingerir vários remédios a mesma começou a passar mal e foi encaminhada ao Pronto Atendimento pelo seu marido.

Após dar entrada no PA foi logo transferida para o Hospital Municipal, pela equipe do Pronto Atendimento, o médico do local relatou aos militares que a vítima havia tentado suicídio, e chegou no local desacordada.

Quando a jovem acordou, a mesma estava na sala de emergência do Hospital Municipal, e segundo ela, teria sentido que um funcionário estaria tocando em sua parte íntima, levantando sua calcinha.

Ao receber alta, já fora da unidade de saúde, a suspeita junto com seu marido e irmão, abordaram o técnico de enfermagem do hospital e o acusaram de ter abusado sexualmente da vítima.

Após as acusações, o marido da vítima desferiu um soco contra o técnico de enfermagem do hospital. Para a PM o mesmo informou que a todo tempo estava na sala de emergência acompanhado de outras duas enfermeiras e um médico.

As enfermeiras e o médico confirmaram o relato do técnico de enfermagem, que explicou que estava limpando a vítima com gases e água, pois a mesma se encontrava suja de vômito.

Diante dos fatos todos os envolvidos foram encaminhados a Delegacia Judiciária Civil, para as devidas providências.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI



Imprimir

Comentários