NOVA MUTUM, 24 de Maio de 2024
icon weather 22 º 32 º
DÓLAR: R$ 5,17
Logomarca

POLÍCIA Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 13:09 - A | A

03 de Fevereiro de 2018, 13h:09 - A | A

POLÍCIA / POLÍCIA

PM prende Policial Civil suspeito de participação em um roubo a uma loja de eletrodomésticos em Diamantino

O policial civil, B.C.A, de 55 anos, foi preso pela Polícia Militar suspeito de dar apoio ao filho durante um assalto a loja de eletrodomóveis e por ter sido encontrado com um revólver calibre 38 roubado em seu veículo.

Redação/Djeferson Kronbauer
Nova Mutum



A Polícia Militar da 9ª CIPM-MT de Diamantino-MT, prendeu na noite da ultima sexta-feira (02), por volta das 20h00, três homens suspeitos de envolvimento com um roubo ocorrido em uma loja de eletrodomésticos no município.

Segundo informações repassadas com exclusividade ao site Power Mix, a PM realizava diligências a fim de prender os suspeitos de terem praticado um roubo na ultima quinta-feira (01), em uma loja de eletrodomésticos, quando a equipe do GAP da Polícia Militar, em diligências no bairro Novo Diamantino, realizou a abordagem do suspeito L.M.L.S, 17 anos, que estava acompanhado por um Policial Civil.

Quando a guarnição encaminhava o menor para a delegacia, o mesmo durante o percurso confessou a participação de outros indivíduos que residem em Cuiabá-MT no crime, sendo um deles o filho do Policial Civil no qual ele estaria no momento da abordagem.

Em depoimento para a Polícia, o menor relatou que o Policial Civil B.C.A, 55 anos, forneceu apoio aos infratores e a seu filho, que estariam escondidos na região de mata na comunidade Caeté, o mesmo teria levado os indivíduos até Cuiabá-MT, juntamente com as armas e o restantes dos materiais roubados.

Diante dessas informações, a Guarnição conseguiu localiza-lo, num veículo VW Gol, de cor prata, na Av. J.P.F Mendes. Em revista ao carro, foi encontrado um Revólver Cal.38 identificada PJC-MT com 07 Munições intactas, e também outro Revólver cal 38, mais 30 Munições do mesmo calibre e ainda a CNH do filho do policial D.J.A.

O Investigador da Polícia Civil, a arma e o veículo foram encaminhados até a Delegacia Judiciária Civil, onde compareceram várias vítimas do roubo para fazer o reconhecimento dos suspeitos.

As vitimas após verem a foto do filho do Policial Civil, reconheceram o mesmo como sendo um dos assaltantes, e a arma localizada no veículo também foi reconhecida pelas vitimas como sendo a mesma utilizada no crime.

Após uma consulta no sistema, a arma que havia sido encontrada no veículo do investigador havia sido roubada de uma empresa de segurança privada do Estado de Mato Grosso do Sul.

Diante dos fatos, os suspeitos L.M.L.S, 17 anos, C.A.F.F, 32 anos e o Policial B.C.A, 55 anos, foram presos e estão a disposição da justiça.

Outro lado 

Por telefone, a assessoria de imprensa da Polícia Civil afirmou que não existem elementos para afirmar que B.C.A, participou do roubo e que todas as acusações serão objetos de investigação posterior. 

A assessoria complementou dizendo que ele foi conduzido à delegacia por porte ilegal de arma de fogo e que o policial foi liberado após o pagamento de dois salários mínimos de fiança. A Polícia Civil informou ainda que após a prisão do agente, o menor contou que só informou que o policial participou do crime, porque foi obrigado. A Corregedoria da Polícia Civil também investigará o caso.

INTENDA COMO FOI O ROUBO:  PM prende dois homens suspeitos de terem participação em um roubo a uma loja de eletrodomésticos em Diamantino 

Foto: Divulgação

policial civil envolvido em roubo

(Material apreendido com os suspeitos)



Comente esta notícia