NOVA MUTUM, 28 de Maio de 2024
icon weather 10 º 24 º
DÓLAR: R$ 5,15
Logomarca

POLÍTICA Quarta-feira, 07 de Fevereiro de 2018, 14:44 - A | A

07 de Fevereiro de 2018, 14h:44 - A | A

POLÍTICA / POLITICA

Vereador deve entrar com ação para anular aumento de 25% no pedágio na rodovia Nova Mutum/Trivelato

Diário Norte
Nova Mutum



O vereador Cristiano Alves de Oliveira (PRB) confirmou, que entrará com uma ação no Ministério Público Estadual contra Associação dos Beneficiários da Rodovia da Produção cobrando a revogação do aumento da tarifa de pedágio na MT-235 (Rodovia da Produção), que liga Nova Mutum a Santa Rita do Trivelato. A nova tarifa vigorou desdeo dia 15 do mês passado, passando de R$ 6 para R$ 7,50, por eixo.

“A situação da rodovia está precária. Alguns produtores estão tapando os buracos com terra e pedras. Além de aumentarem o valor do pedágio, não estão aplicando os recursos para fazer a manutenção necessária. Recebemos constantemente reclamações dos usuários. Foi encaminhado ofício solicitando informações mas, até agora, não responderam. Se não ocorrer nenhum posicionamento da associação vamos entrar com uma ação no Ministério Público para cobrar essa revogação do pedágio”, disse Oliveira.

O presidente da Associação dos Beneficiários da Rodovia da Produção, Nestor Poletto, explicou, anteriormente, que não foram apresentados mecanismos suficientes para não aplicar a cobrança. “É fácil chegar e pedir para não aumentar. Estamos amparados pela legalidade e precisamos manter a viabilidade economia da rodovia. Somos responsabilizados por ela. A Ager nos responsabiliza se não cumprimos as responsabilidades da cobrança. Se acham que existe alguma irregularidade que procurem o Ministério Público e denunciem”.

O reajuste na tarifa foi autorizado pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Delegados (Ager) em dezembro do ano passado, após pedido da associação, que administra o trecho que tem cerca de 113 quilômetros de extensão pavimentada.



Comente esta notícia