NOVA MUTUM, 18 de Maio de 2024
icon weather 16 º 22 º
DÓLAR: R$ 5,11
Logomarca

GERAL Terça-feira, 10 de Julho de 2018, 17:48 - A | A

10 de Julho de 2018, 17h:48 - A | A

GERAL / JUSTIÇA

Acusados de matar homem com mais de dez tiros vão a júri em Nova Mutum

Assessoria
Nova Mutum
[email protected]



Serão submetidos a júri popular no próximo dia 27, dois jovens, de 21 e 24 anos, apontados como responsáveis pela morte de Jonas Almeida Cavalcante, 30 anos. O crime ocorreu no dia 27 de maio do ano passado, em um bar.

Conforme a denúncia, os réus estavam em um bar, quando, em determinado momento, a companheira de um deles se desentendeu com Jonas, dando início a uma discussão. Segundo esta versão, o rapaz de 24 anos se aproximou e colocou a mão no peito da vítima, que revidou e o agrediu com um tapa no rosto.

De acordo com a denúncia, a dupla sacou a arma de fogo e começou a atirar em Jonas. Um adolescente, que estava no local, ainda teria pegado o revólver e também dado um tiro na vítima.

O jovem de 24 anos foi localizado no dia 29 de junho do ano passado, em uma residência no bairro Prohab 1. A prisão ocorreu após a apreensão do adolescente. Três dias depois, o terceiro suspeito foi localizado, entre os bairros Jardim Primaveras e Lírio dos Campos.   

A dupla responde por homicídio qualificado, cometido mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, e corrupção de menor de idade. Os dois continuam presos preventivamente. As defesas alegam que eles são inocentes.



Comente esta notícia