NOVA MUTUM, 03 de Julho de 2022
icon weather 18 º 34 º
DÓLAR: R$ 5,33
Logomarca

GERAL Domingo, 02 de Janeiro de 2022, 21:46 - A | A

ANO DA RETOMADA

Bares e restaurantes de MT ainda amargam crise e esperam recuperação em 2022

A estimativa é que o ponto de equilíbrio financeiro se normalize apenas no final de 2022.

Fernando Soares/ReporterMT

Foto: Reprodução

image

Empresários do setor de bares e restaurantes começam o ano ainda sem se recuperar da crise gerada pelo "fecha tudo" na pandemia, mas com a expectativa de 2022 seja o ano da recuperação econômica.

Só no ano de 2020 houveram 1.300 demissões em Mato Grosso. Contudo, o mercado reaqueceu nos últimos meses e a expectativa para o ponto de equilíbrio é na reta final de 2022, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel MT).

As restrições puniram a categoria e cerca de 9 mil estabelecimentos fecharam as portas. Uma vez que aproximadamente 20% desse número é de micro e pequenos empreendedores.

 

A associação frisa que a retomada será lenta, pois há muitas dívidas acumuladas e que, por conta das perdas de faturamento, durante a pandemia, foi necessário realizar demissões em massa. 

A comparação entre os anos de 2020 e 2021 se torna difícil já que no primeiro ano da pandemia o comércio ficou grande do período fechado e as medidas de biossegurança foram muito mais rígidas.

Com o avanço da vacinação, no segundo semestre, e a abertura do setor sem restrições na maior parte do Brasil, o ano de 2021 ficou marcado pelo reaquecimento do mercado, porém, embora o setor esteja em uma crescente, os números ainda estão no vermelho, isso porque o déficit que veio de um ano para o outro foi multo alto. Sem contar que Mato Grosso teve uma segunda onda da pandemia, que foi entre os meses de março e abril.

 

O ponto positivo é que em 2021 cerca de 50% dos postos de trabalho foram retomados, tendo uma média de 500 contratações, que ocorreram até o mês de agosto. 



Comente esta notícia