NOVA MUTUM, 24 de Maio de 2024
icon weather 21 º 35 º
DÓLAR: R$ 5,16
Logomarca

GERAL Terça-feira, 22 de Maio de 2018, 01:20 - A | A

22 de Maio de 2018, 01h:20 - A | A

GERAL / RODOVIAS

Manifestantes bloqueiam BR-163 em Nova Mutum e mais sete pontos da Rodovia Federal em MT

Redação/Djeferson Kronbauer
Nova Mutum
[email protected]



Caminhoneiros em manifestação bloquearam na noite da ultima segunda-feira (21), a BR-163 em Nova Mutum, o motivo é a alta no preço dos combustíveis.

O bloqueio é realizado no Km 593, entrada de Nova Mutum, para quem vem da capital do estado. Rodovias do Brasil e do Mato Grosso veem sido bloqueadas pelos os caminhoneiros, segundo eles está inviável trabalhar devido as crescentes altas nos preços dos combustíveis.

Nos bloqueios está passando apenas veículos de passeio, ambulâncias, ônibus e caminhões com carga viva e perecíveis.

Até o momento a PRF já registrou oito bloqueios no estado são eles:

1 - Nova Mutum na BR 163, km 593;

2 - Sinop na BR 163, km 822;

3 - Comodoro na BR 174 no Km 488;

4 - Sapezal na BR 364 no Km 1120;

5 - Barra do Garças no BR 070 no Km 05;

6 - Primavera do Leste no BR 070 no Km 282;

7 - Cuiabá na BR 070 no Km 504;

8 - Cuiabá na BR 364 no Km 392;

A Petrobras anunciou na ultima segunda-feira (21), o aumento no preço do diesel e da gasolina nas refinarias, fruto da nova politica de preços adotadas pela estatal iniciada em julho do ano passado. A cotação do diesel subirá 0,97 por cento a partir desta terça-feira (22), passando a valer R$: 2,3716 reais o litro, já a gasolina terá um reajuste de 0,90 por cento, e passará a valer R$: 2,0867 reais o litro.

Desde julho do ano passado, ambos os produtos acumulam alta de cerca de 50% nas refinarias da estatal. Nos postos, as altas rondam os 20%.

Na semana passada, a Fecombustíveis, federação que representa os postos, também já havia solicitado mudanças no ICMS para aliviar a disparada nos valores dos combustíveis.

A Petrobras, contudo, tem ressaltado que “não tem o poder de formar esses preços”.

“O que a companhia faz é refletir essa variação de preço do mercado internacional. Como o valor desses combustíveis acompanha a tendência internacional, pode haver manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias e terminais”, disse em nota.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acompanha os manifestos.



Álbum de fotos

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Comente esta notícia