NOVA MUTUM, 17 de Julho de 2024
icon weather 17 º 30 º
DÓLAR: R$ 5,43
Logomarca

GERAL Terça-feira, 25 de Maio de 2021, 11:57 - A | A

25 de Maio de 2021, 11h:57 - A | A

GERAL / COVID-19

Nova Mutum, Lucas, Sorriso e mais 9 cidades de MT irão receber doses da Pfizer

O quantitativo de doses da vacina Pfizer/Wyeth recebidas pelos municípios será descontando das demais vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde.

G1/MT



Doze municípios mato-grossenses irão receber doses da vacina Pfizer, da próxima remessa do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. A medida foi autorizada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e publicada no Diário Oficial do Estado.

Os municípios são:

  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Primavera do Leste
  • Sinop, Sorriso
  • Nova Mutum
  • Lucas do Rio Verde
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Diamantino
  • Chapada dos Guimarães
  • Campo Verde

Apenas Cuiabá recebeu doses da Pfizer na primeira remessa destinada a Mato Grosso. Na segunda remessa, no dia 11 de maio, Várzea Grande também recebeu doses da vacina. No entanto, o município ainda não estava oficialmente na lista de recebimento do imunizante, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A partir de agora, além da capital, essas 12 cidades aplicarão a Pfizer em todas as próximas remessas que chegarem no estado.

As cidades devem estar no máximo a 2h30 de distância da capital, por modal aéreo ou rodoviário (veículo refrigerado), a fim de ampliar a segurança da preservação da temperatura de transporte indicada (-15°C à -25°C), observada a estrutura atualmente disponível para logística;

As unidades de saúde selecionadas deverão estar orientadas e comprovar mecanismos de agendamento para vacinação, sendo que a lista de pessoas indicados à vacinação deverá ser de duas vezes o total de vacinas disponibilizadas àquela unidade (lista de espera/contingencial);

As unidades de saúde selecionadas deverão agendar a vacinação de um total de pessoas compatível com o consumo de 100% das vacinas a serem recebidas em no máximo quatro dias, a contar da data agendada para o recebimento das vacinas.

O quantitativo de doses da vacina Pfizer/Wyeth recebidas pelos municípios será descontando das demais vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, o qual será redistribuído aos demais municípios do estado.

A guarda das vacinas deverá ser realizada pelos municípios respeitando as condições de armazenamento estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária e se possível com o apoio da segurança pública.



Comente esta notícia