NOVA MUTUM, 17 de Julho de 2024
icon weather 17 º 36 º
DÓLAR: R$ 5,47
Logomarca

GERAL Sexta-feira, 21 de Agosto de 2015, 23:27 - A | A

21 de Agosto de 2015, 23h:27 - A | A

GERAL /

Secretário adjunto realiza reuniões com membros da Segurança Pública em Nova Mutum e Juína



Os municípios de Juína e Nova Mutum receberam, ontem e hoje, a visita da comitiva da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). A comitiva liderada pelo secretário adjunto de Ações Integradas da Sesp e coronel da Polícia Militar, Joelson Sampaio, se reuniu com os comandantes da regional, batalhões e companhias da Polícia Militar, delegados municipais e regionais da Polícia Judiciária Civil, além de comandantes do Corpo de Bombeiros e representantes da Politec.

Durante o encontro, foi explicado de que forma a Secretaria de Segurança pretende estabelecer as metas de redução de criminalidade e índices de produtividade. Além disso, também foi apresentada a ferramenta que está sendo desenvolvida para monitorar todas as ações em tempo real.

De acordo com o coronel Joelson Sampaio, o novo modelo de gestão se baseia em três eixos: regionalização, integração e gestão por resultados. “É um modelo que trabalhará com metas e propostas de indicadores de produtividade. Ele poderá ser monitorado por sistemas que estão sendo desenvolvidos pela equipe de Tecnologia da Informação da Sesp e as ações corretivas acontecerão a medida que os resultados forem aparecendo”.

Para o comandante da Polícia Militar de Juína, tenente-coronel PM Wilker Sodré, o projeto fortalecerá as ações realizadas na região. Além disso, o militar destacou a importância das ferramentas de monitoramento. “Com as ferramentas poderemos fazer um monitoramento em tempo real e com agilidade, possibilitando a criação de ações preventivas mais eficazes à sociedade”.

A comitiva também se reuniu com representantes do Ministério Público e Poder Judiciário que atuam nas varas criminais das cidades para que conheçam o que o Estado está planejando dentro deste novo modelo de gestão e também inserir essas instituições na nova política da segurança pública.

 “O modelo proposto apresenta uma visão moderna de trabalho no combate a criminalidade. A integração é a palavra do momento. E o novo modelo vai promover essa integração entre as instituições que atuam no enfrentamento da criminalidade”, destacou o promotor de Justiça Criminal de Juína, Danilo Preti.

A apresentação faz parte de uma programação de visitas as cidades que serão sedes das Regiões Integradas da Segurança Pública (Risps) do Estado. As Risp compatibilizam as áreas dos comandos regionais da Polícia Militar com as delegacias regionais da Polícia Civil e as comarcas do Poder Judiciário. A partir do estabelecimento das Risps, serão designados os representantes de cada instituição como responsáveis por alcançar as metas.

A criação da RISP é uma das metas estabelecidas no acordo de resultados da Segurança Pública, assinado no dia 09 de julho, no lançamento do programa Transforma Mato Grosso. “As autoridades locais se mostraram muito receptivas com o novo modelo que está sendo implantado e entenderam a necessidade de ter uma qualidade maior no monitoramento das ações de segurança”, disse o secretário adjunto.

Fonte:SoNoticias



Comente esta notícia