NOVA MUTUM, 24 de Maio de 2024
icon weather 15 º 31 º
DÓLAR: R$ 5,14
Logomarca

POLÍCIA Terça-feira, 20 de Março de 2018, 22:49 - A | A

20 de Março de 2018, 22h:49 - A | A

POLÍCIA / POLÍCIA

Polícia Militar apreende menor suspeito de cometer homicídio na noite de ontem (19), em Nova Mutum

Redação/Djeferson Kronbauer
Nova Mutum



A Polícia Militar prendeu na noite desta terça-feira (20), por volta das 20h40, o jovem W.H.P.A, 16 anos suspeito de matar o jovem L.C.S.S, 17 anos na noite de ontem (19), na Rua das Hortênsias, no centro de Nova Mutum.

Segundo informações obtidas pelo site Power Mix, a PM recebeu uma ligação via 190, aonde o solicitante informou que o suspeito do homicídio ocorrido na data de ontem se encontrava em uma residência situada na Rua dos Jequitibás, no bairro Pequi I.

De imediato a guarnição de serviço se deslocou até o local, aonde foi encontrado o suspeito, o mesmo ao ser questionado sobre o crime, acabou confessando ter cometido o fato, e relatou aos policiais como foi à ação.

Diante dos fatos o mesmo foi detido e encaminhado até a Delegacia Judiciária Civil, para as devidas providências.

De acordo com a delegada, Angelina Andrade Ticianel, a prisão do menor só foi possivel após a Policia Militar receber informações via 190, de que o jovem K.G.D. de 18 anos, seria o autor dos disparos, e a partir daí, as informações foram apuradas e o jovem foi detido no exato momento em que saia de uma audiência no Fórum. 

Através da prisão deste jovem de 18 anos, a Policia Militar conseguiu apreender durante a noite o adolescente W.H.P.A, de 16 anos que também participou do crime, esse menor foi apreendido em sua residência no bairro Flor do Pequi, e na residência dele, a Policia Civil localizou a arma usada no crime, um revólver calibre 38 com a numeração raspada. 

A delegada Angelina Ticianel, confirmou em entrevista que além dos dois envolvidos diretamente no crime, duas mulheres também foram presas, elas tentaram esconder a arma utilizada no crime, sendo elas, a mãe do menor de 16 anos, e uma amiga dela, que vão reponder pelo crime de posse de arma de fogo. 

A delegada confirmou que K.G.D. foi realmente quem efetuou os disparos que resultou na morte do adolescente de 17 anos, o menor distraiu a vítima, enquanto isso o maior efetuou os disparos.

A motivação do crime pode ter sido o fato do adolescente executado ter cantado a namorada do maior que projetou o asassinato, pelo menos essa foi a versão repassada pelo próprio menor a delegada. 

(Atualizado as 12h30)

O CRIME

Nova Mutum: Jovem é baleado por três disparos de arma de fogo e morre a caminho do hospital



Comente esta notícia