NOVA MUTUM, 03 de Julho de 2022
icon weather 18 º 34 º
DÓLAR: R$ 5,33
Logomarca

POLÍTICA Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 18:46 - A | A

INTERIOR

Altair Albuquerque propõe PPP para pavimentação ecológica das estradas vicinais

Com a implantação do asfalto ecológico, o objetivo é melhorar o acesso às estradas vicinais, além de reduzir custos. O chamado ‘asfalto de terra’ é um produto sustentável e biodegradável, que tem um custo de 20% a 30% do valor do asfalto convencional.

Poliana Chaves - Secom|CMNM
Nova Mutum-MT

Foto: Mauricio Alves - SECOM|CMNM

image

O presidente da Câmara de Nova Mutum, vereador Altair Albuquerque, apresentou proposta ao prefeito Leandro Felix, para pavimentar as estradas vicinais do município, com o uso de uma nova tecnologia, o asfalto ecológico. A solicitação propõe uma parceria com a iniciativa privada, conhecida como PPP (Parceria Público-Privada) para a realização do projeto. A Indicação foi aprovada na 19º Sessão Ordinária.

As parcerias com a iniciativa privada são o melhor caminho para aprimorar a qualidade dos serviços prestados. E os caminhos do grão devem ser prioridade. Por essas estradas passam grande parte da produção de Nova Mutum e região, ônibus escolares e famílias que moram na região rural. Uma gestão moderna e inovadora foca naquilo que é essencial à população defende Altair

Com a implantação do asfalto ecológico, o objetivo é melhorar o acesso às estradas vicinais, além de reduzir custos. Uma empresa de São Paulo que desenvolve a técnica, voltada especificamente para áreas rurais, afirma que o sistema é mais durável que o convencional, além de custar seis vezes menos.

A proposta é usar a própria terra das estradas para preservar as características. O chamado ‘asfalto de terra’ é um produto sustentável e biodegradável, que tem um custo de 20% a 30% do valor do asfalto convencional. Utiliza produtos naturais, incluindo óleos vegetais, que são usados para impermeabilizar o solo, deixando-o mais rígido e resistente.

O documento apresentado considera ainda que após a pavimentação ecológica, não há formação de lama, buracos ou poeiras. A ideia é contribuir para o escoamento da produção agrícola, evitando que os acessos fiquem intransitáveis por causa dos problemas durante o período chuvoso.

A nova tecnologia já está sendo testada em alguns municípios do interior. Altair sugere conhecer a técnica e avaliar de perto os benefícios, para implantação do projeto em Nova Mutum.



Comente esta notícia