NOVA MUTUM, 29 de Novembro de 2021
icon weather 21 º 31 º
DÓLAR: R$ 5,60
Logomarca

GERAL Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021, 18:18 - A | A

APOIO À FISCALIZAÇÃO

Batalhão Fazendário aumenta efetivo e passa a operar 24 horas nos postos fiscais

Militares atuam no apoio as ações de fiscalização e combate à sonegação

Janaína Arruda | Sefaz-MT

Foto: Sefaz-MT

image

O 27º Batalhão Fazendário da Secretaria de Fazenda (BPMFaz) recebeu um aumento em seu corpo policial, passando de 26 para 32 militares que dão apoio em ações de fiscalização e agora passam a atender nos seis postos fiscais do estado por 24 horas.

Anteriormente, apenas os postos fiscais de Alto Araguaia, Barra do Garças e Rio Correntes possuíam apoio militar ininterrupto. Com o incremento do batalhão os postos da Serra do Cachimbo, 12 de Outubro (divisa com Rondônia) e Flávio Gomes (saída para Rondonópolis), também passam a contar com o suporte militar constante em operações de fiscalização realizadas nas principais estradas e rodovias.

O comandante do Batalhão Fazendário, ten cel PM Waldir Félix, salienta que esse incremento possibilitará a expansão dos serviços prestados junto à Sefaz, tendo uma abrangência maior na atuação.

“Hoje nós temos atendidos 100% dos postos fiscais. Todos os postos ficais do Estado de Mato Grosso contam com policiamento 24 horas por dia em todas as unidades. Isso possibilita uma atuação muito maior da Secretaria de Fazenda, seja na fiscalização fixa dentro do posto ou na fiscalização volante”, declarou o comandante do BPMFaz.

Essa atuação dos militares garante a segurança física, tanto do posto fiscal, quanto dos servidores da secretaria, em operações volantes realizadas nas estradas próximas às unidades de fiscalização.

O BPMFaz é um órgão integrante da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), criado em janeiro de 2019 pelo Governo do Estado, por meio da Secretarias de Segurança Pública (Sesp) e da Sefaz. O objetivo é auxiliar no combate à sonegação fiscal, atuando no apoio e fortalecimento das ações de fiscalização.



Imprimir

Comentários