NOVA MUTUM, 17 de Junho de 2024
icon weather 14 º 26 º
DÓLAR: R$ 5,42
Logomarca

GERAL Domingo, 26 de Novembro de 2017, 20:31 - A | A

26 de Novembro de 2017, 20h:31 - A | A

GERAL / Nova Mutum

Bombeiros do Futuro: Crianças participam de treinamento na Selva

Medio Norte Noticias
Nova Mutum



Faltando pouco menos de 1 semana para a conclusão da 4 edição do projeto “Bombeiros do Futuro”, desenvolvido pela 5° Companhia Independente dos Bombeiros Militar “CIBM” de Nova Mutum, na madrugada de domingo (25), as crianças do projeto participaram de mais uma etapa de treinamento na Selva.

Cerca 50 crianças participam do Bombeiro do Futuro, e 46 delas participaram do treinamento na selva em local de mata, utilizado para treinamentos de policiais civis e militares.

Com a saída próxima às 23h e volta programada as 7h30m as crianças estavam bastante animadas para participarem das atividades, algumas crianças já se encontravam prontas deste as 18h51m e bastantes ansiosas, não apenas elas mais também seus pais.

No grupo de Whatsapp criado para o projeto ficou bastante movimentado com mensagens dos pais relatando a empolgação de seus filhos durante o dia.

Veja alguns relatos;

“Filhote aqui contando as horas super feliz e ansioso”

“A minha filha organizou a mochila ontem e hoje conferiu tudo de novo, para não esquecer nada’’

Na companhia pouco antes de saírem para o treinamento foi realizado uma vistoria nas bolsas para conferir os itens obrigatórios e conferido se alguém estava levando comida externa, momento esse que ficou marcado com a quantidade de salgados, balas, bolachas e até uma lata de alimento infantil, usado em mamadeiras e mingau. Revista nas bolsas para certificar a não entrada de comida externa durante o treinamento, pois a intenção do treinamento é para ser o mais real possível.

Na madrugada de treinamentos as crianças realizaram várias atividades voltadas a sobrevivência na selva, dentre elas “Materiais de sobrevivência, como confeccionar abrigos, obtenção de alimentos,  água e fogo, chás e ervas aprendendo a utilizar ervas encontrada na natureza para curar doenças, maca improvisada usando “meios de fortuna” (de um modo geral, é todo e qualquer material empregado em uma operação de socorro em substituição a outros específicos, mas que estão ausentes. A improvisação é parte das atividades de socorro e depende do conhecimento técnico dentro de cada situação encontrada), fazer armadilhas e como arma-las aprenderam a aguçar os cincos sentidos (paladar, audição, tato, olfato e visão).

Já na manhã de domingo (26) como programado as crianças retornaram a cidade, algumas cansadas, outras falantes  e com sono. Durante o dia as maiorias das crianças passaram o dia dormindo bastante exaustos e contentes pela participação.

Os pais agradeceram o trabalho, a oportunidade e cuidados para com seus filhos, enaltecendo o trabalho da corporação.



Álbum de fotos

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Comente esta notícia