NOVA MUTUM, 14 de Julho de 2024
icon weather 11 º 27 º
DÓLAR: R$ 5,43
Logomarca

GERAL Quinta-feira, 12 de Agosto de 2021, 14:12 - A | A

12 de Agosto de 2021, 14h:12 - A | A

GERAL / ASSISTA O VÍDEO

Empresário faz "carreata" e joga notas de R$ 20 e R$ 50 em ruas de Arenápolis-MT

Dabliu Mendes, sócio proprietário da Mega Loja Prime, saiu jogando notas de cima de um carro. Segundo ele, a ideia agradou os moradores, mas irritou outros comerciantes, de quem ele diz ter recebido "críticas".

UOL



Um empresário no interior do Mato Grosso resolveu apostar na divulgação "agressiva" da sua loja e distribuiu R$ 10 mil pelas ruas de Arenápolis (a 232 km de Cuiabá) e Nortelândia na tarde de ontem. Ela havia anunciado no dia 7 que faria a distribuição do valor.

Dabliu Mendes, sócio proprietário da Mega Loja Prime, saiu pelas ruas em uma carreata jogando de cima de um carro notas de R$ 10, R$ 20 e R$ 50. Segundo ele, a ideia agradou os moradores, mas irritou outros comerciantes, de quem ele diz ter recebido "críticas e ameaças".

Ao explicar o motivo da ação, ele afirmou que fez "por duas questões: uma pelo marketing e a outra para dividir a parte do lucro da empresa com parte da sociedade. Porque em muitas empresas só o dono fica rico. Mas eu penso e trabalho de forma diferente e por isso está dando certo para mim", contou. Dabliu Mendes, sócio proprietário de uma loja em Arenópolis (MT) distribuiu R$ 10 mil pelas ruas da cidade. Dabliu tem duas lojas e disse que os estabelecimentos são conhecidos por dar muitos prêmios aos clientes.

Nos vídeos gravados, é possível ver pessoas descendo de carros e motos para pegar as notas na rua. Imagens de imprudência no trânsito também foram registradas, como dois jovens que aparecem em cima do capô de um carro em movimento acompanhando a carreata. O evento terminou sem incidentes.



Comente esta notícia

ADMILSON LINO DA SILVA 12/08/2021

Boa tarde, vi essa passeada próximo a praça redonda d Arenápolis, achei um absurdo, crianças correndo atrás dos carros, c um sol escaldante, em pleno 12:00 hs e na só isso correndo o risco d se machucarem, pq então não distribuir p as pessoas carentes das cidades.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1