NOVA MUTUM, 14 de Junho de 2024
icon weather 21 º 37 º
DÓLAR: R$ 5,38
Logomarca

GERAL Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017, 15:43 - A | A

16 de Outubro de 2017, 15h:43 - A | A

GERAL /

Greve do Detran já soma 35 dias em MT; alguns serviços estão sendo realizados saiba quais são



A greve dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) já soma 35 dias de serviços parados no estado de Mato Grosso e não tem data para termino. 

De acordo com informações passada ao site Power Mix, em Nova Mutum, o Detran está trabalhando apenas com 30% do efetivo, as vistorias estão sendo realizadas de 15 em 15 dias. Atendimentos especializados tais como: retirada de CNH, mudança de categoria, retirada de documentos ou consultas de processos não estão sendo realizados.

Conforme o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran), os atendimentos nas unidades só devem voltar após o governo atender os pedidos da categoria.

Na semana passada, conforme assessoria do Sinetran, uma reunião tinha sido marcada por representantes do Governo e sindicato, que representa a categoria, para dar início as negociações. Mas após horas de espera os representantes dos servidores não foram atendidos.

A categoria cobra reajuste na tabela salarial dos servidores e concurso público. A greve continua por tempo indeterminado. 

TJ Escuta Categoria

Em decisão proferida nesta terça-feira (3), a desembargadora do Tribunal de Justiça, Maria Erotides Kneip, solicitou uma oitiva com o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran), antes de bater o martelo quanto ao pedido de ilegalidade feito pelo Governo do Estado, contra a greve deflagrada pelos servidores em 11 de setembro.

Para a magistrada, ouvir a classe antes de sua decisão é fundamental. “Entendo como imprescindível a prévia oitiva do Requerido, antes da análise do pedido de antecipação de tutela, considerando o elevado número de servidores públicos envolvidos e os relevantes serviços prestados pela categoria”, aponta trecho da decisão.

Consta no pedido, feito pelo Executivo estadual, multa diária ao Sindicato e o desconto dos dias parados, o chamado corte de ponto.

Queda na Arrecadação

No dia 04, a queda na arrecadação do órgão passada dos R$ 6 milhões, conforme balanço enviado pelo Detran. A greve atinge as 71 unidades do Detran em Mato Grosso.

Fonte:DaRedação/Foto:DjefersonKronbauer



Comente esta notícia