NOVA MUTUM, 28 de Maio de 2024
icon weather 10 º 25 º
DÓLAR: R$ 5,15
Logomarca

GERAL Quinta-feira, 26 de Abril de 2018, 14:16 - A | A

26 de Abril de 2018, 14h:16 - A | A

GERAL / SAÚDE

Nova Mutum: Prefeitura vai comprar testes rápidos para identificar o vírus influenza

Só Notícias
Nova Mutum



Após a confirmação de dois casos de gripe influenza e em meio a uma campanha de vacinação que começou na segunda-feira passada, a prefeitura de Nova Mutum encaminhou a aquisição de 750 testes rápidos para identificar o vírus H1N1. A compra, no valor de R$ 23,4, mil foi publicada hoje no Diário Oficial com dispensa de licitação justificada pelo surto de gripe em Mato Grosso. A previsão é de que a vacina chegue na próxima semana.

A secretária municipal de Saúde, Anke Schwabe, explicou, ao Só Notícias, que a iniciativa da compra dos testes se deu pela situação do município, que já registrou dois casos da gripe H1N1 e que ainda tem muitas suspeitas de outros casos. A intenção é chegar a um resultado em 15 minutos e otimizar o uso de recursos como remédios e leitos de hospitais. “Como o teste feito em Cuiabá demora de 20 a 30 dias para ficar pronto, temos muitas suspeitas da gripe e muita gente internada ocupando os hospitais. Com o teste rápido podemos identificar a doença e otimizar os recursos. Fica mais seguro para o médico e para o paciente”, explicou.

Anke enfatizou que os testes não serão aplicados em todos os casos. Serão adotados critérios clínicos para definir quem será submetido ao exame. “Mesmo assim, faremos a coleta e enviaremos para os exames em Cuiabá. Também é importante destacar que a pessoa que fizer o teste e der negativo não está livre de pegar a gripe dois ou três dias depois”, frisou. 

Na campanha de vacinação, que segue até 1 de junho, a meta secretaria municipal de Saúde é imunizar 6.872 pessoas, sendo 3.166 crianças de seis meses a cinco anos, 1.270 idosos acima de 60 anos, 712 gestantes, 523 trabalhadores da saúde, 117 puérperas, 557 portadores de comorbidades e 527 professores em sala da aula.

Conforme Só Notícias já informou, a coordenadora da vigilância em saúde Jeruza Vidrik explicou que não há necessidade de correria aos postos de saúde, uma vez que há doses de vacina na quantidade necessária. A vacina tem a possibilidade de proteger contra três tipos de vírus da gripe: o Influenza A, nas variações H1N1 e H3N2 e influenza B. 

A secretaria de Saúde confirmou também que o Dia D será no próximo dia 12 de maio, quando ocorre a mobilização nacional. No dia, as nove unidades de saúde do município estarão em funcionamento.



Comente esta notícia