NOVA MUTUM, 29 de Novembro de 2021
icon weather 22 º 32 º
DÓLAR: R$ 5,61
Logomarca

POLÍTICA Sexta-feira, 08 de Outubro de 2021, 20:25 - A | A

SESSÃO ORDINÁRIA

Câmara Municipal de Nova Mutum aprova Moção de Protesto contra Energisa

A Moção de Protesto manifesta a insatisfação da sociedade Mutuense

Gilmar Alves - DECOM | CMNM
Nova Mutum-MT

Foto: Mauricio Alves - SECOM|CMNM

image

A Câmara de Vereadores de Nova Mutum, através do presidente Altair Albuquerque e parlamentares, aprovou por unanimidade na 31ª Sessão Ordinária (04.10), a moção 01/2021.

A Moção de Protesto é contra a Energisa S. A., Concessionária de Energia do Estado de Mato Grosso, que se deu em razão do descaso com a sociedade ante aos inúmeros problemas na prestação do serviço público.

De maneira deficitária os serviços de energia elétrica, vem sendo entregue com baixa qualidade, queda constante da energia e oscilação da voltagem. Outro agravante é as falhas na manutenção das redes e equipamentos de Energia Elétrica pela concessionária.

As reclamações da sociedade, nos últimos meses apontam a tarifa de consumo de energia elétrica como agravante a partir de agosto de 2021, sendo que o Mato Grosso possui um modal significativo de geração de energia elétrica.

O protesto está embasado nas reclamações dos consumidores perante o PROCON Estadual, cujos processos tramitam em virtude do aumento injustificado da tarifa, cobrança de dívidas, quedas constantes de energia, além de imposição de multas elevadas.

Postes quebrados com fiação de rede trifásica suspensa sem a substituição por mais de cinco dias em perímetro urbano. Na zona rural é constante a ocorrência da falta de energia elétrica por até cinco dias, o que ocasiona percas de produtos congelados. De forma recorrente granjas de frango e poedeiras, sofrem com a falta de energia por mais de 12 horas.

A Moção de Protesto manifesta a insatisfação do Parlamento e da sociedade deste município, servindo como instrumento de cobrança, na melhoria da prestação do serviço público de energia elétrica a toda população.

Álbum de fotos



Imprimir

Comentários