NOVA MUTUM, 14 de Julho de 2024
icon weather 11 º 24 º
DÓLAR: R$ 5,43
Logomarca

POLÍTICA Terça-feira, 29 de Junho de 2021, 14:10 - A | A

29 de Junho de 2021, 14h:10 - A | A

POLÍTICA / EDUCAÇÃO

Romeu Belém pede enquadramento de monitores de creches públicas e privadas como profissionais da educação

“Esse reconhecimento se faz mais que necessário, precisamos resolver essa situação dos monitores que dedicam fundamental trabalho na educação de nossas crianças” defende Romeu.

Poliana Chaves - SECOM I CMNM
Nova Mutum-MT



Em defesa da classe de monitores da educação infantil, o vereador Romeu Belém, fez solicitação ao Estado e ao Município, que estes profissionais, também conhecidos com auxiliares, sejam enquadrados como profissionais da educação. O pedido foi apresentado por meio de Indicação, durante a última sessão ordinária e encaminhada as secretarias estadual e municipal de educação.

O texto do documento justifica que a presença de auxiliar ou monitora em salas da educação infantil é prática frequente em várias redes de ensino públicas e particulares do país, tendo como função ajudar o professor nas diversas ações e atividades com os alunos. Todavia, é comum que esses trabalhadores sejam responsáveis pela turma sozinhos ou em dupla com um colega da mesma função.

 O fato é que a função da monitora ou auxiliar pela criança também implica responsabilidade pedagógica destacou Romeu

A Indicação ainda expõe que pelo fato de receberem salário mais baixo, carga horaria mais extensa, maior frequência de contrato temporário e ausência de plano de carreira, a auxiliar acaba sendo uma opção mais econômica que os professores para os governos, haja vista que, mesmo não sendo contratada como docente, a orientação é para que tenha a formação necessária para tal função.

“Esse reconhecimento se faz mais que necessário, precisamos resolver essa situação dos monitores que dedicam fundamental trabalho na educação de nossas crianças”, finalizou.

A proposta segue para análise dos governos municipal e estadual.



Comente esta notícia