NOVA MUTUM, 18 de Maio de 2024
icon weather 16 º 22 º
DÓLAR: R$ 5,11
Logomarca

POLÍTICA Terça-feira, 26 de Junho de 2018, 12:52 - A | A

26 de Junho de 2018, 12h:52 - A | A

POLÍTICA / POLITICA

Vice-prefeito de Nova Mutum sinaliza pré-candidatura a deputado estadual

Só Notícias
Nova Mutum
[email protected]



O vice-prefeito de Nova Mutum, Leandro Félix, filiado ao Democrata Cristão (o partido do folclórico Eymael), confirmou ao Só Notícias que deve ser candidato a deputado estadual representando a região médio norte. Ele deve compor uma frentinha com PHS, Avante, PRP, PROS, PMN e PSC apoiando Mauro Mendes (DEM) ao governo e, provavelmente, com Otaviano Pivetta para vice.

Pela primeira vez, Leandro vê possibilidade de Nova Mutum eleger um deputado estadual. Segundo ele, há consenso na cidade - como houve nas eleições municipais de 2016 quando apenas a sua chapa concorreu à prefeitura reelegendo Adriano Pivetta - em torno do seu nome. “Estamos conversando desde o ano passado e acredito num consenso. A cidade está madura e o exemplo disso são as eleições passadas, quando tivemos candidatura única e a população foi votar, nos aprovando com mais de 80% dos votos”, afirmou.

A conta mágica de Leandro gira em torno de 18 mil votos para alcançar a Assembleia Legislativa. Ele pretende trabalhar em Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Santa Rita do Trivelato, Diamantino, Campo Novo do Parecis, São José do Rio Claro e Tapurah, num raio com mais de 100 mil votos. “Na atual conjuntura ficou um vácuo na política e Nova Mutum é referência em gestão no Estado. Está na hora de a cidade ter um deputado estadual”, declarou, explicando que o vácuo citado se deve às possíveis ausências dos deputados José Domingos e Mauro Savi, ambos de Sorriso, envolvidos em escândalos de corrupção.

Leandro espera confirmar sua candidatura nas convenções que terminam no dia 5 de agosto. Antes disso ele espera uma definição na majoritária com a esperança de que Otaviano Pivetta, irmão do prefeito Adriano, seja confirmado o candidato a vice de Mauro Mendes.



Comente esta notícia