NOVA MUTUM, 14 de Julho de 2024
icon weather 11 º 27 º
DÓLAR: R$ 5,43
Logomarca

GERAL Segunda-feira, 20 de Setembro de 2021, 13:23 - A | A

20 de Setembro de 2021, 13h:23 - A | A

GERAL / EM VÁRZEA GRANDE

Adolescente vai se vacinar e descobre estar “morta” desde maio

Cadastro no sistema do SUS constava que a jovem morreu em maio de 2021.

João Aguiar/RepórterMT



Uma adolescente de 17 anos, moradora do bairro Ouro Verde, em Várzea Grande, não conseguiu ser vacinada contra a covid-19 na sexta-feira (17), pois, seu cadastro no Sistema Único de Saúde (SUS) constava a jovem como morta.

De acordo com o secretário de Saúde do município, Gonçalo de Barros, o erro foi no sistema do próprio SUS, e não no sistema da vacinação da prefeitura.

“A jovem foi com a mãe na sexta-feira no Ginásio do Fiotão para ser vacinada e quando chegou em nossas atendentes, o cadastro dela no SUS constava como se ela tivesse morrido em maio deste ano”, conta o secretário.

O caso chegou ao conhecimento de Gonçalo de Barros na noite de sábado (18).

“Logo que eu fiquei sabendo, eu entrei em contato com a mãe da adolescente e disse que iria resolver o mais breve possível”, relata.

“No sistema do SUS ela tinha sido dada como morta por um hospital de Rondônia, mas ela nunca esteve no estado. Eu entrei em contato com os responsáveis e já estou tentando resolver este problema”.

Ainda segundo o secretário, o caso foi resolvido e a jovem foi vacinada com a primeira dose da vacina contra a covid-19 na manhã desta segunda-feira.



Comente esta notícia