NOVA MUTUM, 23 de Julho de 2024
icon weather 20 º 33 º
DÓLAR: R$ 5,59
Logomarca

GERAL Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 14:26 - A | A

20 de Junho de 2024, 14h:26 - A | A

GERAL / ESCOLA POR DENTRO

Diretor convida equipe do POWER MIX para conhecer a realidade da escola José Aparecido Ribeiro após episódios de brigas

Investimentos em segurança, infraestrutura e ações de integração deixaram ótimas impressões

Mauro Fonseca/Power Mix
Nova Mutum-MT



Depois da repercussão negativa dos últimos dias envolvendo cenas lamentáveis de brigas entre alunos, nossa reportagem foi convidada a ver o outro lado da Escola Estadual José Aparecido Ribeiro de Nova Mutum na manhã desta quinta-feira (19).

O diretor Edimar Fernandes nos recebeu e apresentou os frutos do excelente trabalho que a escola vem desenvolvendo e logo na chegada pudemos verificar que a escola tem um eficiente e importante sistema de monitoramento por câmeras com 49 delas instaladas e que fazem com que tudo esteja ao alcance dos olhos da diretoria 24 horas por dia.

"Essas câmeras reduziram drasticamente um problema de furto de bicicletas que tínhamos aqui. Neste ano, houve três episódios e todas as bicicletas foram recuperadas sem a necessidade de acionar polícia. Eu mesmo chamei os autores e as bicicletas foram devolvidas. Outro problema que havia aqui e agora acabou é com relação ao consumo de cigarro e entorpecentes no perímetro da escola. Agora todos os cantos são vigiados diuturnamente e aquele que insiste em transgredir a regra é convidado a se retirar". Disse Edimar.

Nossa reportagem conheceu também o sistema psicopedagógico, social e de acolhimento que a escola dispõe visando dar acolhimento aos alunos que sofreram ou realizaram algum tipo de ato ilícito como os que vimos nesta semana. Uma sala exclusiva e separada tem durante todo o expediente três profissionais que prestam todo tipo de apoio necessário.

A cozinha da escola é um ambiente completamente renovado, inclusive climatizado. As cozinheiras que nos receberam teceram grandes elogios à gestão do atual diretor, que nas palavras delas, mudou a qualidade de vida no ambiente de trabalho da unidade escolar.

O Grêmio Estudantil também tem um serviço de excelência e na hora do intervalo presenciamos um ambiente harmônico e sem aquele corre-corre e falta de ordem como pode-se imaginar que seria. Os alunos desfrutam do intervalo ao som de canções que a equipe do G.R.E.S escolhe, tornando o ambiente super agradável.

Na sala dos professores encontramos um espaço amplo para os mestres descansarem entre uma aula e outra muito bem climatizado e arejado, além de uma sala reservada para aqueles professores que precisam estudar algum conteúdo. Em relação ao uniforme que também já foi fruto de bastante polêmica verificamos que mais de 90% dos alunos estão devidamente uniformizados, alguns inclusive até com o tênis oferecido pelo governo do estado no kit entregue a eles.

Edimar que está há dois anos como gestor da escola nos conta dos desafios que encontrou ao assumir a unidade. Vindo de uma escola militar, o diretor faz questão de deixar claro a todo momento que ele e sua equipe tem foco na otimização do aprendizado e que as melhorias implantadas pela sua gestão têm a adesão de todos os que com ele trabalham e ajudam a construir uma escola séria e acolhedora.

"É um desafio todos os dias, eu sou evangélico há 41 anos e vim de uma criação muito rígida, mas que tinha como alicerce o respeito e isso eu passo para todos os alunos. meus colegas de trabalho também entendem que uma escola precisa ser acolhedora, rígida e respeitosa e nós estamos alcançando isso graças a Deus com o esforço de todos." Comentou ele.

A coordenadora pedagógica da escola Jociane nos recebeu também para falar das cenas de agressão entre alunos nesta semana e esclareceu as medidas que a escola tomou e nos ajudou a esclarecer que ao contrário do que divulgamos, as duas brigas não ocorreram no mesmo dia.

Por fim, voltando a falar com o diretor Edimar Fernandes recebemos dele um relato que preocupa. Segundo ele, o maior desafio da gestão escolar hoje é a reforma que começou e a construtora simplesmente não conseguiu concluir e a obra ficou por terminar, causando alguns transtornos que já foram relatados à SEDUC e ele adianta que todas as medidas estão sendo tomadas no sentido de concluir a reforma e entregar de vez uma escola de primeiríssima qualidade para a comunidade escolar.

PARTICIPE DE NOSSA COMUNIDADE NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO COM NOTÍCIAS, VAGAS DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA... - CLIQUE AQUI

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK - INSTAGRAM



Comente esta notícia

Maiara 20/06/2024

O diretor tenta abafar a situação cada vez mais deplorável na escola, vocês deveriam ouvir nós que somos alunos pra saber a verdadeira realidade, isso são mentiras severas. Algumas salas não tem ar condicionado e muito menos a falta de higiene no banheiro, não tem água pra lavar as mãos e a descarga mal funciona.

positivo
3
negativo
1

Nilber Vieira 20/06/2024

Infelizmente muita coisa que aconteceu na escola é falta de educação dos alunos eles pensam que pode fazer ba escola o que faz em casa e muitos pais pensam que a escola tem a obrigação de dar a educação que eles não deram a seus filhos!!!!

positivo
6
negativo
0

mariana 20/06/2024

o diretor pagou quanto pela matéria ? pois estudo na escola e a realidade não é assim não.

positivo
3
negativo
1

Clemilda Benício Fagundes 20/06/2024

A bicicleta do meu filho não foi roubada na escola José, e nunca foi encontrada. Fiz BO e nunca achamos.

positivo
3
negativo
0

Osni dos santos 20/06/2024

Skksksksskss é uma piada isso?

positivo
4
negativo
1

Maria Júlia 20/06/2024

Essa semana colocaram XIXI literalmente URINA e laxante em todos os bebedouros da escola e até agora não fizeram nada, onde estão essas 49 câmeras para ver os culpados disso?

positivo
12
negativo
1

6 comentários

1 de 1