NOVA MUTUM, 28 de Maio de 2024
icon weather 10 º 25 º
DÓLAR: R$ 5,15
Logomarca

GERAL Terça-feira, 03 de Abril de 2018, 14:43 - A | A

03 de Abril de 2018, 14h:43 - A | A

GERAL / SAÚDE

Nova Mutum: População reclama da demora no atendimento do PA; secretaria de saúde explica a situação

Redação/Djeferson Kronbauer
Nova Mutum



Na noite da ultima segunda-feira (02), a imprensa foi chamada para comparecer ao Pronto Atendimento, varias pessoas estavam revoltadas pela demora no atendimento. Todas essas pessoas estavam á espera de um atendimento, crianças, adolescentes, jovens e adultos.

A demanda era tanta que teve paciente esperando o atendimento no chão. A demora no atendimento revoltou a população que chamou a imprensa na tentativa de obter uma explicação. Mariana chegou ao pronto atendimento com fortes dores no estomago e estava á cinco horas esperando.

Foto: Djeferson Kronbauer

PRONTO ATENDIMENTO P.A NOVA MUTUM

 (Mariana da Cruz em entrevista a imprensa)

“Eles estão passando as crianças que estão com febre na frente, já tem uns 40 minutos que não chega uma criança com febre e eles não me passaram ainda, nem mesmo pela triagem, eles falam que as crianças têm prioridade, tem uma gestante que chegou e ainda não foi atendida, eu me sinto prejudicada com isso, a gente vota, a gente coloca e não temos nem um mínimo de respeito, e se a gente brigar, a gente paga por que a gente brigou com um funcionário publico, mas eles brigam com a gente assim em silêncio, o funcionário fica lá no Whatsapp conversando, e a gente fica aqui esperando, eu estou com dor até agora e eles nem ai, e pra que o nosso voto, pra nada.”

“Eu moro lá do outro lado da cidade, a gente atravessa a cidade para ser consultado e não tem o mínimo de respeito, eu fui no PSF, fui atendida, mas como eu estou com dor e cheguei fora do horário, eles mandaram eu vir para o Pronto Atendimento.” Disse Mariana da Cruz a imprensa.

Gislaine chegou às 16 horas em busca de uma consulta para o filho mais até o momento da entrevista a criança não tinha passado pela triagem.

Foto: Djeferson Kronbauer

PRONTO ATENDIMENTO P.A NOVA MUTUM

 (Gislaine Santos em entrevista a imprensa)

“Eu estou aqui dês das 16h00, agora são 20h00 e eu nem pela triagem passei com ele, não pude ir pra casa, não pude fazer minhas coisas hoje esperando o atendimento do medico que não ocorreu até agora, eles falam que criança é prioridade, eu até falei para o rapaz da recepção que meu filho tem cinco anos, ele é criança, ele é prioridade, por lei ele tem esse direito, o mesmo disse que eu seria o próximo, já passaram três pessoas na minha frente na triagem, e ele está aqui esperando ainda.”

“Eu me sinto prejudicada, eu hoje não tenho condições de pagar uma consulta particular, a gente que não tem condições viemos para o PA, porque a gente precisa, não é pra tomar a frente de ninguém não, eu fico indignada como mutuense passar por essa dificuldade com meu filho, me sinto muito prejudicada e muito triste, porque eu gosto muito da cidade, mas na parte da saúde está deixando a desejar hoje.” Disse Gislaine Santos a imprensa.

Na manhã desta terça feira (03), a imprensa foi atendida pela secretária de saúde e a coordenadora do PA. Anke Schuabe explicou o porquê do aumento no fluxo de pacientes e a demora no atendimento.

Foto: Divulgação

Secretária de saúde Anke

 (Maria de Ávila e Anke Schuabe)

“Em relação ao aumento de procura pelo atendimento no PA, nos estamos passando atualmente no município por uma virose que a gente chama de síndrome de mão, pé e boca, que é uma virose de pele, é leve, mas ela provoca muita irritação, ela começou a atingindo as crianças e agora já está passando para os adultos ela é como se fosse uma catapora, mas sem as bolhas."

“Nos gostaríamos que as pessoas que se sentiram prejudicadas de alguma forma pudessem informar o nome do paciente, para a gente buscar no sistema e averiguar, nos comprometemos que todos esses casos aonde houve demora de atendimento, por uma falha no sistema na equipe de qualquer forma, que nos vamos nos organizar para melhorar e resolver essa demora no atendimento, a demora de atendimento por conta do excesso de procura por hora a gente ainda não tem uma resolução rápida.”

“A gente pede desculpa a população, nos vamos garantir que eles tenham lugar para sentar para pelo menos esperar com um pouco mais de conforto, vamos buscar corrigir as situações aonde houve demora de atendimento por conta de este ou aquele funcionário, a gente vai averiguar e corrigir, porem a qualidade da consulta medica ela precisa ser mantida com o tempo devido para cada caso, por isso a demora na consulta medica.” Disse  Anke Schuabe, secretária de saúde.

Os pacientes são classificados e os prioritários atendidos primeiro, por isso alguns demoram ser atendidos é o que ponderou a coordenadora do Pronto Atendimento. Em entrevista a coordenadora do Pronto Atendimento (PA), Maria de Ávila falou sobre o aumento na procura por atendimento.

“Em Fevereiro deste ano foram 22.350 atendimentos, já em Março o mês fechou com 26.450, um aumento de 18,34% de atendimento somente no PA. A secretária ressalta que este aumento se dá também pelo numero de pessoas que possuem planos de saúde mais procuram atendimento no SUS. A secretaria ira fazer um levantamento e se houver alguma irregularidade serão tomadas as medidas cabíveis.” Concluiu.



Álbum de fotos

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Foto: Djeferson Kronbauer

Comente esta notícia