NOVA MUTUM, 23 de Julho de 2024
icon weather 18 º 37 º
DÓLAR: R$ 5,58
Logomarca

GERAL Sábado, 23 de Dezembro de 2023, 16:35 - A | A

23 de Dezembro de 2023, 16h:35 - A | A

GERAL / RISCO DE TRAGÉDIA

Novo deslizamento de terra no Portão do Inferno faz Sinfra bloquear a Estrada de Chapada; veja vídeo

Por precaução, o tráfego foi bloqueado em ambos os sentidos da rodovia

FolhaMax



A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) informa que um novo deslizamento de terra foi registrado na na rodovia Emanuel Pinheiro, a MT-251, conhecida como Estrada de Chapada, região do Portão do Inferno neste sábado (23.12).

Com isso, o trânsito da rodovia foi bloqueado nos dois sentido em razão do deslizamento e a liberação ocorrerá apenas após a vistoria da equipe técnica

Uma equipe da Sinfra-MT está no local avaliando a situação. Com o bloqueio do tráfego no local, uma fila de veículos já começa a se formar na rodovia nas proximidades do despenhadeiro. 

Os deslizamentos de terra no local têm ocorrido com uma certa frequência ao longo deste mês, colocando em alerta condutores que trafegam pela região e também as autoridades, mediante o risco de ocorrer uma tragédia no local. 

DEPUTADO FAZ ALERTA

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (União) gravou um vídeo e publicou em suas redes sociais para alertar a população sobre o bloqueio na Estrada de Chapada, no trecho do Portão do Inferno e também falando das medidas que já estão sendo adotadas pela Sinfra.

Conforme o parlamentar, a orientação a moradores da região, motoristas e turistas que estejam em deslocalmento entre as cidades de Cuiabá e Chapada dos Guimarães, ou mesmo por Campo Verde ou Primavera do Leste, precisam pegar outro trajeto.

"Não venham por aqui, tem que ir pela serra, houve um desmoronamento ali no Portão do Inferno. Vai ser um negócio muito demorado, não sabe nem se vai liberar hoje. Então, usem a rota alternativa, venham para a Chapada, mas venha por Campo Verde e quem for de Campo Verde ou Chapada e que vem para Cuiabá, não venha por Chapada porque está interditado sem previsão de liberação. Agora desmoronou mesmo e vai fazer uma análise muito grande com sismógrafo, com geólogo pra ver depois da limpeza se pode liberar. É questão de segurança e temos que cuidar da vida de todos", alerta o deputado. 



Álbum de fotos

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Comente esta notícia