NOVA MUTUM, 14 de Julho de 2024
icon weather 11 º 27 º
DÓLAR: R$ 5,43
Logomarca

LUCAS DO RIO VERDE Quinta-feira, 11 de Março de 2021, 11:47 - A | A

11 de Março de 2021, 11h:47 - A | A

LUCAS DO RIO VERDE / POLÍCIA

Ação integrada de Polícias detém motorista de aplicativo envolvido em triplo homicídio em Lucas

Crime aconteceu em dezembro. Motorista chegou a ser conduzido na época do crime, mas foi liberado por falta de flagrante

Cenário MT
Lucas do Rio Verde-MT



Uma ação integrada envolvendo policiais civis e militares levou à prisão o motorista de aplicativo que deu apoio a um triplo homicídio ocorrido em Lucas do Rio Verde. O crime aconteceu em dezembro do ano passado no bairro Rio Verde. Dois irmãos e um rapaz que moravam em uma mesma quitinete foram assassinados a tiros.

A prisão do suspeito aconteceu na residente dele, no bairro Parque das Américas. De acordo com o chefe de investigação da Polícia Civil, João Cleberson, o detido negou envolvimento no crime. Porém, na época em que aconteceu o triplo assassinato, ele confessou, em conversa informal, que tinha conhecimento das intenções dos executores do crime.

“Ele estava foragido, com o mandado de prisão preventivo em aberto”, explicou o investigador. “O caso não está totalmente solucionado porque ainda está em fase de coleta de provas, precisamos juntar mais provas para que, eles (suspeitos) sendo levados a júri popular, não sejam de alguma forma inocentados”, acrescentou.

O laudo necroscópico apontou que foram encontradas projeteis nos corpos das vítimas, além de capsulas no local do crime. Um dos suspeitos foi detido com uma arma. Exame de balística confirmou o uso do armamento na execução das vítimas. O documento foi anexado ao inquérito. Também foram coletados depoimentos que comprovam a presença dos suspeitos no local do crime.

Tentativa de homicídio

Nas últimas horas também foram detidos suspeitos de envolvimento em uma tentativa de homicídio ocorrido no bairro Jaime Seiti Fujii. Um casal que faz parte de uma facção criminosa foi apontado como responsáveis pela contabilidade de bocas de fumo na localidade.

Na residência do casal os policiais apreenderam mais de R$ 15 mil distribuídos em vários envelopes, prontos para serem depositados. Drogas e balanças de precisão também foram apreendidos no imóvel.

A vítima identificou o homem como um dos suspeitos pela tentativa de homicídio. O detido seria o autor dos disparos.

A Polícia Civil acredita que o crime está ligado a acerto de contas. A vítima teria uma dívida de aproximadamente R$ 3,2 mil com traficantes envolvidos com a facção. “E eles armaram para vítima, de encontrá-la e fazer o pagamento da dívida. Porém, quando se encontraram, eles já desceram da moto e tentaram contra a vida da vítima”, explicou o investigador.

 

Tráfico de drogas

Também foram detidas 6 pessoas numa residência no bairro Jardim Primavera. Os suspeitos eram investigados pelas Polícias Civil e Militares. Eles foram ‘enviados’ por facções criminosas vindos de cidades como Arenápolis e Cuiabá. “Devido as grandes prisões que têm sido feitas em Lucas do Rio Verde. Eles enviam criminosos de outras cidades pra atuar aqui em Lucas do Rio Verde”, informou.

Em outro imóvel foram detidas 4 pessoas. Um deles é egresso do sistema prisional há menos de 30 dias. Segundo investigado pela Polícia, a residência era utilizada pela filha de uma chefe de facção criminosa pra ocultar e armazenar entorpecente.

Na residência foram apreendidas pequenas porções de entorpecentes. “No tráfico nem sempre importa a quantidade, mas sim a investigação anterior, a produção de provas que é feita sobre os suspeitos”,

“É um trabalho já de dias de investigação, não e só chegar e fazer o cumprimento (do mandado expedido pela Justiça), chegar nos locais, localizar e apreender materiais. Como o João Cleberson falou, é um trabalho feito pra conseguir provar o envolvimento nos mais diversos crimes”, destacou o comandante da Polícia Militar em Lucas do Rio Verde, tenente coronel Secchi, enaltecendo o trabalho conjunto que busca dar mais segurança à comunidade luverdense.



Comente esta notícia