NOVA MUTUM, 24 de Julho de 2024
icon weather 19 º 39 º
DÓLAR: R$ 5,66
Logomarca

POLÍCIA Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09:14 - A | A

12 de Dezembro de 2023, 09h:14 - A | A

POLÍCIA / OPERAÇÃO MARCA D’ÁGUA

PF mira grupo que falsifica documentos públicos em MT e Goiás; CNH falsa era mais confeccionada

Amanda Divina/Olhar Direto



A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (12) a Operação Marca D’água, que tem objetivo de desarticular grupo criminoso voltado à confecção e venda de documentos públicos falsificados nos estados de Mato Grosso e Goiás.  Dentre os diversos documentos públicos, destaca-se a falsificação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) como principal  atividade do grupo. 

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Cáceres/MT, sendo dois em Cuiabá e um em Firminópolis/GO, onde a Polícia Militar prestou apoio à operação. 

As investigações se iniciaram a partir de abordagem realizada pela Polícia Rodoviária Federal, no município de Pontes e Lacerda em dezembro de 2022, quando um caminhoneiro apresentou CNH falsificada. O preso foi conduzido até a Delegacia de Polícia Federal em Cáceres e, em depoimento, indicou como suposto vendedor do documento um despachante da cidade de Cuiabá. 

Durante o inquérito, ficou constatado que o caminhoneiro não era apenas um comprador, mas que também fazia parte da associação criminosa,sendo responsável pela intermediação entre compradores e falsários. 

Os indícios apontam que os documentos falsificados eram produzidos no estado de Goiás e enviados a Mato Grosso, onde os intermediários realizavam a venda. 

Os investigados poderão responder pelos crimes de falsificação de documento público (artigo 297 do Código Penal) e associação criminosa (artigo 288 do Código Penal), cujas penas podem chegar a 09 (nove) anos de reclusão e multa.



Comente esta notícia