NOVA MUTUM, 23 de Setembro de 2021
icon weather 22 º 33 º
DÓLAR: R$ 5,30
Logomarca

SINOP Segunda-feira, 26 de Julho de 2021, 11:56 - A | A

MONSTRO

Mulher viaja e pai aproveita para espancar e estuprar filha de 11 anos em Sinop-MT

Caso foi denunciado pela mãe da menor que estava em viagem ao Maranhão. A criança disse ainda que apanhou do pai com um facão por se recusar a manter relações sexuais.

João Aguiar/RepórterMT
Sinop-MT

Foto: Ilustrativa

image

A mãe de uma menina de 11 anos de idade procurou a polícia no domingo (25) e denunciou que a sua filha estava sendo estuprada pelo próprio pai, por cerca de 40 dias, no bairro Jardim Imperial, em Sinop (500 km de Cuiabá). O agressor fugiu e ainda não foi encontrado.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pelo Conselho Tutelar.

No local, a mãe relatou estar há 40 dias na cidade de Lago da Pedra, no Maranhão, e que a filha teria ficado na casa do pai. As duas conversaram por videochamada.

Em uma das ligações, a mulher percebeu que a criança estava chorando bastante e, neste momento, o homem desligou o celular.

A mulher tentou ligar outras vezes para a filha, mas as chamadas eram rejeitadas. A mãe ficou preocupada e voltou para Sinop. No momento, quando chegou na cidade, foi direto para a casa do homem e encontrou a menina.

A vítima relatou para a mãe que estava sendo abusada sexualmente diariamente pelo pai, que fazia ameaçadas de morte caso ela o denunciasse. A criança disse também que apanhou do pai com um facão duas vezes, pois, teria recusado manter relações sexuais com ele.

A mulher conseguiu levar a criança embora da casa e pediu socorro na rua. Moradores da região tentaram capturar o agressor, mas ele fugiu pulando muros e não foi mais encontrado.

Os policiais fizeram buscas na casa e encontraram uma plantação de maconha.

A mãe e a criança foram encaminhadas para a delegacia de Sinop, onde registraram um boletim de ocorrência.

O caso é investigado pela Polícia Civil. 



Imprimir

Comentários