NOVA MUTUM, 17 de Junho de 2024
icon weather 21 º 32 º
DÓLAR: R$ 5,42
Logomarca

GERAL Sábado, 19 de Agosto de 2017, 00:38 - A | A

19 de Agosto de 2017, 00h:38 - A | A

GERAL /

Nova Mutum: Familiares e amigos de cadeirante executado fazem protesto em frente ao fórum



Familiares e amigos de Pedro Cesar, de 25 anos, conhecido como “Pedrinho Cadeirante” executado com cinco tiros no dia 12 de Julho, realizaram na tarde de sexta-feira (18) um manifesto pedindo justiça e respostas ao Poder Judiciário, em frente ao fórum de Nova Mutum.

A motivação do protesto se deu por conta da soltura do acusado de ter praticado o crime. Max Rither foi preso por investigadores da Polícia Judiciária Civil, no dia 09 de agosto. O mesmo confessou o crime á polícia dizendo que teria matado Pedrinho por uma dívida de R$ 2.000,00 (dois mil reais), relacionada ao tráfico de drogas. 

A família da vítima esta revoltada com a decisão que a justiça tomou a mãe da vitima revoltada falou com nossa equipe de reportagem.

“Isso, é revoltante e nos causa muita tristeza. O assassino do meu filho confessou o crime, ficou preso menos de dez dias e agora já está solto. Não queremos vingança, queremos justiça. Meu filho deixou uma filha de quatro meses, estamos desesperados e com medo do que o homem que matou Pedrinho pode fazer com minha família”, relatou Maria Adriana Santos Giannoulis, mãe da vítima.

RELEMBRE O CASO: Policia Civil prende suspeito acusado de matar jovem no dia 12 de julho.

                                  Corpo de Jovem de muletas é encontrado em estrada rural.

 

Fonte:DaRedação com GrupoArinos/Fotos:DjefersonKronbauer



Comente esta notícia