NOVA MUTUM, 16 de Junho de 2024
icon weather 20 º 36 º
DÓLAR: R$ 5,38
Logomarca

GERAL Terça-feira, 19 de Dezembro de 2017, 03:32 - A | A

19 de Dezembro de 2017, 03h:32 - A | A

GERAL / ECONOMIA

Sicredi Ouro Verde distribui R$16 milhões em remuneração ao capital de associados

Assessoria



A Sicredi Ouro Verde MT, instituição financeira cooperativa que atua em 15 municípios de Mato Grosso, efetuou neste mês de dezembro a remuneração das cotas capitais investidas pelos associados na cooperativa. O pagamento de juros ao capital somou um montante de  R$16,4 milhões, distribuídos entre os 59 mil associados da cooperativa.  

A remuneração do capital social é uma deliberação do Conselho de Administração, sendo possível quando a cooperativa atinge resultado positivo no exercício, conforme explica o diretor de Operações da Sicredi Ouro Verde, Almir Martini. “O Conselho de Administração tem por parâmetro um indicador para que o associado não perca o valor de face do capital integralizado na cooperativa”, afirma Martini, observando que, este ano, a decisão do Conselho de Administração foi pelo pagamento de 7,5%, índice que se assemelha ao rendimento da poupança.  

Os valores pagos a cada associado são calculados com base no saldo médio da cota capital mantida pelo associado durante o ano de 2017, de acordo com Martini. “Todo associado tem o capital integralizado na cooperativa, e todo associado recebe este juro pelo saldo médio do capital, considerando o valor que já estava integralizado e as novas capitalizações feitas durante o ano”.  

O extrato do capital social e os valores creditados serão apresentados aos associados junto à declaração de rendimentos, disponível no início do próximo ano. Os associados interessados em ter acesso a estas informações antecipadamente, podem entrar em contato diretamente com seus gerentes.  

A cooperativa fará ainda a distribuição de resultados aos associados, após o fechamento do exercício e deliberação das assembleias, que serão realizadas a partir de fevereiro de 2018. Neste caso, conforme explica o diretor de Operações, Almir Martini, a distribuição é feita com base na proporção da movimentação do associado com a instituição financeira cooperativa durante o ano.



Comente esta notícia