NOVA MUTUM, 28 de Maio de 2024
icon weather 10 º 25 º
DÓLAR: R$ 5,15
Logomarca

LUCAS DO RIO VERDE Sábado, 22 de Dezembro de 2018, 03:35 - A | A

22 de Dezembro de 2018, 03h:35 - A | A

LUCAS DO RIO VERDE / ECONOMIA

Lucas: Binotti sanciona orçamento de R$ 297 milhões para 2019; maior fatia será da Educação

Só Notícias
Lucas do Rio Verde-MT



O prefeito Luiz Binotti sancionou a lei que estima e fixa as receitas e despesas de Lucas do Rio Verde para 2019. A previsão é de que a arrecadação líquida chegue a R$ 297 milhões líquidos, enquanto que a receita bruta é estimada em R$ 329 milhões. As despesas também estão fixadas em R$ 297 milhões.

A maior parte do orçamento de órgãos da administração direta será investida em Educação: R$ 80,6 milhões. Para a Saúde estão estimados gastos de R$ 71,7 milhões. A prefeitura também deve destinar R$ 56,9 milhões para administração, R$ 18,4 milhões para urbanismo, R$ 4,6 milhões para a câmara de vereadores, R$ 3,4 milhões para segurança pública, R$ 3,5 milhões para esportes, R$ 3 milhões para cultura e R$ 2,4 milhões para agricultura.

Outras áreas que terão fatias no orçamento são habitação (R$ 1,9 milhão), Assistência Social (R$ 1,5 milhão), gestão ambiental (R$ 1 milhão), transporte (963 mil), indústria (R$ 353 mil), direitos de cidadania (R$ 167 mil), reserva de contigência (R$ 80 mil) e comércio e serviços (R$ 44,1 mil). Com isso, os órgãos da administração terão destinados R$ 256 milhões.

Já os da administração indireta ficarão com R$ 45,9 milhões do bolo orçamentário. A maior fatia vai para o serviço de previdência dos servidores municipais, o PreviLucas, que tem orçamento previsto de R$ 26 milhões. Outros R$ 19,9 milhões serão destinados ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).



Comente esta notícia